LeftRight

A crise une os maiores bancos no socorro financeiro e estratégico a empresas grandes  e médias devedoras de 90 bilhões de reais. Presidente-executivo da Abdib elogia lançamento do programa de Parceria de Investimentos (PPI), mas lamenta indecisão governamental para promover aditivos de novas obras ou reequilíbrio econômico-financeiro em estoque de projetos com problemas – e critica interferência do TCU em políticas públicas do setor.

 

Fonte: Carta Capital


22 de junho. Abdib promove reunião do Comitê de Geração de Energia, na sede da Abdib, em São Paulo, para avaliar, entre outros temas, sugestões da Abdib para estudos para modernizar e modificar o modelo do setor elétrico, em discussão em âmbito governamental.


Em reunião do Comitê de Financiamento e Garantias da Abdib, realizada no dia 21 de junho, na sede da entidade, em São Paulo, executivos do Goldman Sachs Brasil apresentaram a experiência global e regional da instituição financeira na estruturação de financiamentos na modalidade project finance non recourse no setor de infraestrutura.


O senador José Maranhão (PMDB-PB) presidirá a comissão mista responsável pela MP 779/2017, que abre prazo de um ano para que operadoras de aeroportos privatizados, com contratos assinados até 2016, peçam reprogramação do cronograma de pagamento das outorgas previstas no contrato de concessão. O vice-presidente será o deputado Pedro Fernandes (PTB-MA) e o relator, o deputado Mário Negromonte Jr. (PP-BA).

 

Fonte: Jornal do Senado

O presidente-executivo da Abdib, Venilton Tadini, participou do Fórum PPPs e Concessões, realizado pela revista Exame no dia 8 de junho, em São Paulo. Para cerca de 250 pessoas, além de analisar desafios para o setor de infraestrutura, propôs nova diretriz para a agenda econômica, com foco na expansão dos investimentos públicos, e mudanças no modelo de financiamento da infraestrutura para ajudar a economia a sair da recessão e voltar a crescer mais rápido. Veja os principais trechos.


Comissões mistas do Congresso responsáveis pela análise de sete medidas provisórias serão instaladas na quarta-feira, a partir das 14h30. Um exemplo é a MP 779/2017. Os operadores de aeroportos privatizados com contratos assinados até 31 de dezembro de 2016 têm prazo de um ano para que peçam a reprogramação do cronograma de pagamento das outorgas previstas no contrato de concessão. 

 

Fonte: Jornal do Senado

01 de junho. Abdib realiza reunião do Comitê de Transmissão de Energia para discutir, entre outros assuntos, uma pauta de propostas para entregar às autoridades governamentais diante da possibilidade de o poder público promover modificações no modelo do setor elétrico ainda este ano.


31 de maio. Abdib promove reunião do Comitê de Resíduos Sólidos para discutir, entre outros temas, aspectos econômicos e financeiros para investimentos em aterros sanitários e modelos de contratação para o setor.


A Anatel não vai mais prorrogar a vigência dos contratos das concessionárias de telefonia fixa. De acordo com o presidente do órgão regulador, Juarez Quadros, os contratos, que vencem em 30 de junho deste ano, serão renovados até 2020 de acordo com a legislação que está em vigor. O projeto de lei que revia o marco foi aprovado na Câmara e no Senado no fim do ano passado, mas os senadores da oposição apelaram ao Supremo Tribunal Federal (STF), alegando que a proposta não tramitou nas comissões temáticas e, por isso, não poderia ter sido aprovada pelo Plenário. Assim, a proposta não foi sancionada.

 

Fonte: O Estado de S. Paulo