LeftRight

Em cenário de transformações e oportunidades, a Abdib convida para o seminário “As Soluções para o Saneamento Básico e os Recursos Hídricos no Brasil” que debaterá as formas para aproveitar as leis, os instrumentos e os mecanismos de parcerias e financiamento existentes com objetivo de promover uma nova onda de investimentos nos setores de água e esgoto.


Enquanto a estruturação do modelo de privatização a ser empregado por seis empresas estaduais de saneamento prossegue lentamente dentro do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) do governo federal, pelo menos 248 municípios brasileiros se movimentam para atrair o capital privado a investir em suas operações e melhorar os indicadores do setor. Consulta do Valor com prefeituras, governos estaduais e empresas mapeou as mais de duas centenas de cidades, onde hoje vivem quase 10 milhões de habitantes. 

 

Fonte: Valor Econômico

Para realizar as primeiras licitações que permitirão que companhias estaduais de saneamento atuem junto com a iniciativa privada, o BNDES terá de vencer o desafio jurídico que se impõe ao setor, dizem especialistas. É que a Lei do Saneamento Básico, marco regulatório do segmento e que está completando dez anos, determina que a autonomia sobre os serviços de água e esgoto é municipal.

 

Fonte: O Globo

A coordenadora de Transporte do Ibama, Larissa Carolina Amorim dos Santos, será a nova diretora de Licenciamento Ambiental do órgão. A nomeação da técnica foi publicada no Diário Oficial da União da última quinta-feira, 16 de fevereiro. Larissa Amorim vai substituir a consultora legislativa da Câmara dos Deputados  Rose Hofmann, exonerada em 20 de janeiro pelo ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho. Nomeada em junho do ano passado, Hofmann enfrentou uma espécie de rebelião no Ibama, após o polêmico afastamento por insubordinação de três servidores do órgão. 

 

Fonte: Canal Energia

17 de fevereiro. Venilton Tadini e Ralph Lima Terra, respectivamente presidente-executivo e vice-presidente-executivo da Abdib, participam de reunião do Fórum Nacional da Indústria da Confederação Nacional da Indústria (CNI), em São Paulo.


A Abdib promoveu, dia 16 de fevereiro, na sede da entidade, em São Paulo, uma cerimônia para marcar o início do Programa Pinheiros Limpo, cujo objetivo é a requalificação ambiental do canal paulistano e da Represa Billings. Trata-se de uma iniciativa da Abdib e da Companhia Paulista de Desenvolvimento (CPD). A meta é captar recursos privados para fazer a modelagem do projeto de concessão com um escopo que englobe implantação, manutenção, operação e administração de requalificação das águas do canal do rio Pinheiros. Abdib e CPD estipularam um prazo de nove meses necessários para produzir os estudos e projetos e realizar a modelagem.


O presidente da Agência Nacional de Águas (ANA), Vicente Andreu, enalteceu a iniciativa de realizar estudos e projetos para a requalificação das águas do Canal Pinheiros com recursos do setor privado, por meio da coordenação da Companhia Paulista de Desenvolvimento (CPD) e da Abdib. O programa, entre outros objetivos, aumenta a segurança hídrica e também a oferta de energia elétrica.


16 de fevereiro. A Abdib promove reunião do Comitê de Geração de Energia, na sede da entidade, em São Paulo, ocasião em que foram discutidos temas como o processo de realização do leilão de descontratação de energia elétrica em andamento pela Aneel, as contribuições da Abdib para a audiência pública que regula compartilhamento de infraestrutura dentro do setor elétrico e com outros setores e o perfil desejável dos projetos a serem contratados em leilões de reserva.


16 de fevereiro. A Abdib promove, na sede da entidade, em São Paulo, uma cerimônia para marcar o início do Programa Pinheiros Limpo, cujo objetivo é a requalificação ambiental do rio paulistano e da Represa Billings a partir de uma iniciativa da Abdib e da Companhia Paulista de Desenvolvimento (CPD) para promover estudos e projetos para fomentar projetos de infraestrutura.


15 de fevereiro. O CDES reúne os grupos de trabalho sobre desburocratização e sobre produtividade e competitividade na Escola Nacional de Administração Pública (Enap), em Brasília. Cada grupo escolherá três de cinco propostas para apresentar ao presidente da República dia 7 de março. O ministro Eliseu Padilha, da Casa Civil, conversou com os conselheiros pela manhã, enquanto o ministro Dyogo de Oliveira, do Planejamento, participou de almoço. Ralph Lima Terra, vice-presidente-executivo da Abdib, representou a entidade nas discussões sobre desburocratização.


O banco vai garantir a compra de até 100% das debêntures emitidas pela concessão em seu primeiro ano. Ou seja, os concessionários emitirão os papéis e, caso não encontrem compradores no mercado, o BNDES ficará com eles. Anteriormente, o compromisso era o banco comprar até 50% das debêntures emitidas.

 

Fonte: O Estado de S. Paulo

15 de fevereiro. A Abdib promove um debate sobre as potenciais fontes de financiamento para a retomada de investimentos no setor de infraestrutura. O encontro ocorre na sede da Abdib, em São Paulo, entre 10h30 e 12h00, e contará com avaliação de Venilton Tadini, presidente-executivo da Abdib, sobre o atual panorama para o financiamento da infraestrutura, e palestra do professor Fernando Fleury, coordenador do Curso de Project Finance do EduCorp, programa de educação continuada da Abdib. A motivação é promover um diálogo sobre fontes de financiamento para a retomada de investimentos no setor de infraestrutura e apresentar a XV turma do curso project finance com início em 09/03/2017.


O ministro do Meio Ambiente, o deputado licenciado Sarney Filho (PV-MA), destacou como prioridade do ministério a construção de uma Lei Geral de Licenciamento Ambiental “que não atrapalhe o desenvolvimento do País, mas não relaxe na segurança da sustentabilidade”. Ele participou de café da manhã da Frente Parlamentar Ambientalista nesta quarta-feira (15).

 

Fonte: Agência Câmara Notícias
 
 

14 de fevereiro. O CDES reuniu os grupos de ambiente de negócios, de educação básica e de agronegócio na Escola Nacional de Administração Pública (Enap), em Brasília. Cada grupo escolherá três de cinco propostas para apresentar ao presidente da República dia 7 de março. O ministro Eliseu Padilha, da Casa Civil, conversou com os conselheiros pela manhã. O presidente da República, Michel Temer, participou de almoço. Outras autoridades estiveram presentes: o  secretário da Receita Federal do Brasil, Jorge Rachid, e o secretário-executivo do Ministério do Meio Ambiente, Marcelo Cruz. Ralph Lima Terra, vice-presidente-executivo da Abdib, representou a entidade nas discussões sobre ambiente de negócios.