LeftRight

O governo vai publicar na próxima semana o decreto que permite que o Ibama transforme um passivo bilionário de multas por infrações ambientais em ações diretas em prol do meio ambiente, em vez de esperar o pagamento das multas em dinheiro. A nova regra permitirá que multas financeiras dadas pelo Ibama a empresas que cometeram crimes ambientais sejam trocadas pelas participações dos infratores em programas de recuperação ambiental.

Fonte: O Estado de S. Paulo

O lançamento comercial do 8º Fórum Mundial da Água superou expectativas dos organizadores do evento. Durante o lançamento, realizado dia 16 de agosto, em São Paulo, foram comercializados mais de 2 mil metros quadrados de área. Considerando também os espaços reservados, cerca de 40% da área total disponível para expositores já está ocupada. Aproximadamente cem pessoas compareceram ao encontro, interessados em detalhes e valores das oportunidades oferecidas pelo evento global, que deve atrair 40 mil pessoas ao Brasil em março de 2018.


17 de agosto. O Comitê de Geração de Energia da Abdib se reúne para discutir, entre outros assuntos, as contribuições da entidade para o processo de revisão do marco regulatório, em fase de consulta pública.


Somente em estradas federais asfaltadas são cerca de 18 mil quilômetros sem recursos para novas obras. É o que indicam os dados do Orçamento da União de 2017, pesquisados pela Agência iNFRA no Sistema Siga, do Senado, após o ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella, admitir que o contingenciamento havia acabado com o orçamento de sete superintendências do DNIT.

 

Fonte: Agência Infra


O professor Fernando Fleury abordará os desafios e a dinâmica setorial e as alternativas de para financiar a infraestrutura. A palestra, dia 24 de agosto, na sede da Abdib, em São Paulo, será gratuita. Fleury é doutor e mestre em Administração pela USP, mestre em Economia de Empresas pela FGV e coordenador do curso de project finance do Educorp, programa de educação corporativa da Abdib, cujas aulas estão programadas para começar dia 21 de setembro.


O fórum acontecerá em 30 de agosto no Meliá Jardim Europa, em São Paulo. Estarão presentes lideranças do setor público e privado, interagindo em temas fundamentais como financiamento, garantias, aprendizados em projetos em operação e cidades inteligentes. Venilton Tadini, presidente-executivo da Abdib, será um dos palestrantes.


O Supremo Tribunal Federal (STF) começou a julgar ontem a validade da Medida Provisória nº 558, de 2012, convertida na Lei nº 12.678, que alterou limites de parques nacionais da Amazônia legal para a construção de cinco hidrelétricas – entre elas, Jirau e Santo Antônio. Por ora, apenas a relatora, ministra Cármen Lúcia, votou. Considerou a norma inconstitucional. Sem, porém, alterar o funcionamento das usinas.

 

Fonte: Valor Econômico

O presidente-executivo da Abdib, Venilton Tadini, participou de audiência pública no Senado Federal para discutir os termos e os impactos da MP 777/2017, que institui a Taxa de Longo Prazo (TLP) a partir de 1° de janeiro de 2018, substituindo a Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP). A entidade demonstrou contrariedade à MP 777/2017 nos termos atuais.


Como o Brasil pode aumentar a produtividade por meio de ganhos logísticos? Quais investimentos são necessários para a diminuição do custo Brasil e aumento da competitividade? Essas duas perguntas foram postas pela organização do 5º Fórum Nacional de Infraestrutura e Logística, promovido pelo Lide, em São Paulo, dia 10 de agosto, ao presidente-executivo da Abdib, Venilton Tadini.


09 de agosto. Abdib promove reunião do Comitê de Financiamento e Garantias com para discutir seguro e mitigação de riscos para variação cambial em investimentos em infraestrutura com a participação especial de Marcelo Pinheiro Franco, diretor-presidente da Agência Brasileira Gestora de Fundos Garantidores e Garantia (ABGF) e de Marcio Holland de Brito, professor da Fundação Getúlio Vargas (FGV).


Esse prazo, no entanto, pode sofrer alterações dependendo do tempo que o Estado levará para manifestar sua concordância com o modelo proposto de privatização proposto. A estimativa de prazo não considera a obtenção das autorizações junto aos municípios e/ou órgãos que se mostrem necessárias para a implantação do projeto de privatização selecionado pelo Estado, esclarece o banco por meio da assessoria de imprensa.

 

Fonte: Valor Econômico

08 de agosto. O presidente-executivo da Abdib, Venilton Tadini, participa de audiência pública para discutir os termos e impactos da MP 777/2017, que institui a Taxa de Longo Prazo (TLP) a partir de 1° de janeiro de 2018, substituindo a Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP). Estará acompanhado de Ralph Lima Terra, vice-presidente-executivo, e Igor Rocha, diretor de Planejamento e Economia da entidade. A audiência está marcada para as 14h30, no plenário 6 da ala Nilo Coelho, no Senado.