LeftRight

Seção : SALA DE IMPRENSA

xx

As últimas informações produzidas pela Abdib


A crise une os maiores bancos no socorro financeiro e estratégico a empresas grandes  e médias devedoras de 90 bilhões de reais. Presidente-executivo da Abdib elogia lançamento do programa de Parceria de Investimentos (PPI), mas lamenta indecisão governamental para promover aditivos de novas obras ou reequilíbrio econômico-financeiro em estoque de projetos com problemas – e critica interferência do TCU em políticas públicas do setor.

 

Fonte: Carta Capital


Em reunião do Comitê de Financiamento e Garantias da Abdib, realizada no dia 21 de junho, na sede da entidade, em São Paulo, executivos do Goldman Sachs Brasil apresentaram a experiência global e regional da instituição financeira na estruturação de financiamentos na modalidade project finance non recourse no setor de infraestrutura.


O presidente-executivo da Abdib, Venilton Tadini, participou do Fórum PPPs e Concessões, realizado pela revista Exame no dia 8 de junho, em São Paulo. Para cerca de 250 pessoas, além de analisar desafios para o setor de infraestrutura, propôs nova diretriz para a agenda econômica, com foco na expansão dos investimentos públicos, e mudanças no modelo de financiamento da infraestrutura para ajudar a economia a sair da recessão e voltar a crescer mais rápido. Veja os principais trechos.


Os ministros Dyogo Oliveira (Planejamento) e Henrique Meirelles (Fazenda), em momentos distintos do Seminário Financiamento e Garantias para a Infraestrutura, realizado dia 23 de maio pela Abdib, prometeram esforço governamental pela aprovação das reformas em tramitação – trabalhista e previdenciária. Eles disseram que a votação pode atrasar um pouco em relação ao planejado, mas que devem ser concluídas porque são temas de extrema relevância para a recuperação da economia.


O presidente do Conselho de Administração da Abdib, Gilberto Peralta, pediu que as turbulências políticas não atrapalhem a condução das reformas e da agenda econômica necessária para tirar o Brasil da crise. Peralta fez esse pedido ao lado do ministro Dyogo Oliveira (Planejamento) e diante de 350 pessoas, entre agentes públicos e privados, presentes na inauguração do Seminário Financiamento e Garantias para a Infraestrutura, promovido pela Abdib dia 23 de maio em São Paulo.


O ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, afirmou nesta terça-feira, 23, que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) está líquido e com recursos em caixa para financiar projeto em infraestrutura. “Está de portas abertas”, afirmou em palestra de abertura de evento do Associação Brasileira da Indústria de Construção de Base (Abdib) em São Paulo.