out
09

2017

Programa de reestruturação da Eletrobras foca em governança, excelência operacional e financeira

215 likes Seção: DESTAQUE


Para cerca de 40 empresários dos conselhos de Administração e Consultivo da Abdib, o presidente da Eletrobras, Wilson Ferreira, explicou detalhes do processo de reestruturação da estatal federal, em curso durante os 14 meses que ele preside o grupo.

O encontro ocorreu na sede da Abdib, em São Paulo, dia 5 de setembro. Wilson Ferreira, que também é integrante do Conselho de Administração da Abdib, discorreu sobre diversas metas para reestruturar o Grupo Eletrobras, composto por 16 empresas controladas e participações em 178 sociedades de propósitos específicos (SPEs). Mostrou e explicou resultados parciais e explicou o esforço para fazer a companhia mais competitiva, eficiente e rentável. Recebeu aplausos e apoio ao trabalho desenvolvido até então.

O programa de reestruturação da Eletrobras, explicou Wilson Ferreira, promoveu a recomposição dos integrantes dos conselhos de administração das empresas do grupo e a criação de comitês de estratégia, governança e sustentabilidade, além de uma comissão para acompanhar o processo de desestatização. De acordo com ele, os desafios da companhia se concentram em reverter algumas fragilidades na governança, o baixo desempenho operacional e o elevado endividamento.

Wilson Ferreira explicou que a empresa tem meta de redução de atrasos em obras e também aperfeiçoou o gerenciamento de investimentos da Eletrobras nas áreas de geração e transmissão de energia. Atualmente, o grupo conduz um programa de investimentos de R$ 23,4 bilhões em geração e de 8,1 bilhões em transmissão, com prazo de execução entre 2017 e 2021, incluindo participação de parceiros, que adicionará 14.000 MW de potência de geração de energia, 9.900 quilômetros de extensão de linhas de transmissão e 15.200 MVA de capacidade de transformação.