fbpx
O Barômetro da Infraestrutura Brasileira é uma sondagem semestral realizada pela Abdib e EY de forma digital que captura a opinião de gestores de investimentos e especialistas que apoiam a estruturação de projetos de infraestrutura.
Início NOTÍCIAS DO DIA

NOTÍCIAS DO DIA

Serviço de curadoria produzido todas as manhãs no qual é apresentado um resumo das principais notícias sobre infraestrutura publicadas em jornais, agências de notícias e demais veículos de imprensa brasileira, com links para o conteúdo original.

Prêmio de risco hidrológico para o ACR não será tabelado em 10% dos contratos

A Agência Nacional de Energia Elétrica abandonou a proposta que estabelecia um desconto de 10% no preço dos contratos como base para o cálculo do prêmio de risco hidrelétrico. A nova proposta, costurada a partir das contribuições dos agentes, possibilitará ao gerador escolher o nível de exposição ao GSF. A Aneel definirá valores fixos de prêmio para cada percentual de exposição ao risco hidrológico. O valor em megawatts/hora do prêmio a ser pago pelos agentes será mantido inalterado por toda extensão do contrato. A informação foi adiantada nesta quarta-feira, 28 de outubro, pelo relator do processo, o diretor da Aneel Tiago de Barros Correia.

Fonte: Canal Energia

Agências se articulam contra projeto do Senado

O Senado está próximo de aprovar projeto de lei que coloca em risco a autonomia das agências reguladoras federais. Entre as principais mudanças previstas está a criação de uma câmara de “supervisão regulatória”, que será diretamente vinculada à Presidência da República e terá a missão de “avaliar e acompanhar” as deliberações das autarquias. O texto prevê ainda que os planos estratégicos das agências seja analisado previamente por quatro ministérios.

 

Fonte: Valor Econômico

Mudança em regra de conteúdo local é avanço, diz indústria

Reunida em evento internacional no Rio, a indústria do petróleo considerou positivo o movimento do governo no sentido de mudanças na política de conteúdo local, mas há dúvidas com relação à efetividade das propostas. “É uma excelente iniciativa, um primeiro passo do governo. Mas precisamos saber como vai funcionar”, afirmou o secretário-executivo para a área de exploração e produção do Instituto Brasileiro do Petróleo (IBP), Antônio Guimarães.

Fonte: Folha de S. Paulo

rno admite mudar regra de conteúdo local do setor de óleo e gás

Um dos maiores pleitos da indústria petrolífera, a necessidade de ajustes na política de conteúdo local voltou à pauta do governo. Em meio ao insucesso da 13ª rodada, este mês, o Ministério de Minas e Energia informou ontem que estuda aprimorar a política de nacionalização de bens e serviços do setor de óleo e gás.

Fonte: Valor Econômico

 

Setor de telecom precisa de reforma

A necessidade de revisão e modernização dos contratos de concessão foi um tema que manteve governo, Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), operadoras e fornecedores alinhados ontem durante discussão sobre mudanças no setor de telecomunicações, em São Paulo. Com algumas ressalvas, todos falaram a mesma linguagem.

Fonte: Valor Econômico

Adiamento de leilão de usinas põe em risco ajuda à meta fiscal

O governo decidiu adiar a relicitação de 29 usinas que não renovaram suas concessões no plano de redução das tarifas lançado em 2012. O dia da disputa pelos lotes de hidrelétricas, com o total de 6 mil megawatts (MW) de potência, estava previsto para 6 de novembro, após já ter sofrido uma primeira postergação. 

Fonte: Valor Econômico

Governo estuda flexibilizar regra de conteúdo local

A ausência das grandes companhias petroleiras na 13.ª Rodada de Licitações de áreas exploratórias de petróleo, no mês passado, surtiu efeito e o governo já indica disposição de negociar com as empresas e promover mudanças na política de conteúdo local. Pela regra atual, as petroleiras são obrigadas a contratar um volume mínimo de bens e serviços no Brasil, mas o governo limita os itens considerados no cálculo.

Fonte: O Estado de S. Paulo

Leilão de 29 hidrelétricas é adiado

O leilão de 29 usinas hidrelétricas previsto para 6 de novembro foi adiado. De acordo como diretor-geral substituto da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), José Jurhosa, o adiamento foi determinado para que o Congresso Nacional possa aprovar a Medida Provisória 688, criada como uma forma de equacionar perdas das empresas de energia com o déficit de geração hidrelétrica, antes da realização do certame. O Ministério de Minas e Energia (MME) anunciou, no entanto, que o leilão será realizado ainda em novembro. 

Fonte: O Estado de S. Paulo

Sonia Racy: Pequena, a dívida

A Petrobrás ameaça cortar o fornecimento para a Eletrobrás, que continua atrasando pagamentos de uma dívida com a estatal de mais de R$ 11 bilhões. A empresa de energia elétrica não estaria conseguindo honrar repactuação acertada em agosto deste ano de R$ 3,3 bilhões em dívidas – programadas para serem pagas em 18 parcelas mensais.

Fonte: O Estado de S. Paulo

Lucro trimestral da CCR cai 28,6%

CCR tem resultado impactado por resultado financeiro e aumento de custos. 
Fonte: Valor Econômico

Governo leiloará primeiros lotes de portos

A Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) publicou na noite de ontem os editais de leilão do primeiro bloco de arrendamentos portuários no país, no âmbito do Programa de Investimentos em Logística (PIL) lançado em dezembro de 2012. Três anos depois, o leilão ocorrerá no dia 9 de dezembro, na BM&F Bovespa, em São Paulo. O governo espera, com esse processo, arrecadar até R$ 1 bilhão em outorgas ainda neste ano.

Fonte: O Globo

Nível dos reservatórios do Nordeste cai abaixo de 10%

O volume de água armazenada nos reservatórios da região Nordeste caiu no final de semana abaixo de 10%, que é o nível considerado de segurança. Dados divulgados ontem pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) apontam que os reservatórios registravam, no domingo, o equivalente a 9,56% da capacidade de armazenamento. Na quinta-feira, os reservatórios estavam com 10,05% da capacidade de reserva.

Fonte: O Estado de S. Paulo

Aposta para evitar rodízio de água em SP agora precisa de nova obra

Recém-inaugurada às pressas pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB), a interligação entre dois reservatórios que é a principal aposta para evitar um rodízio de água na Grande SP agora precisa de uma outra obra para funcionar como o prometido. Após as bombas serem ligadas (que chegaram apenas a 50% de sua potência), as margens não aguentaram e começaram a ceder, caindo dentro do curso da água.

Shell diz que País precisa ser mais atrativo

O Brasil precisa trabalhar para tornar o setor de petróleo e gás mais atrativo para investimentos, como outros países têm feito, em meio aos baixos preços do petróleo, afirmou ontem o presidente de petroleira angloholandesa Shell no Brasil, André Araújo.

Fonte: O Estado de S. Paulo

Statoil contratará em 2016 plataforma para campo de Peregrino

A Statoil vai abrir no próximo ano uma concorrência internacional para contratar a plataforma de produção que vai operar na segunda fase do campo de Peregrino, na Bacia de Campos. A unidade deverá ter capacidade nominal de produção de 40 mil a 45 mil barris diários de óleo.

Fonte: Valor Econômico