fbpx
Início NOTÍCIAS DO DIA

NOTÍCIAS DO DIA

Um resumo das principais notícias sobre infraestrutura e indústrias de base publicadas em jornais e agências de notícias

Indenização a transmissoras pode ser pela vida útil de equipamentos ou tempo de concessão

O governo tem duas possibilidades de pagamento, via tarifa, das indenizações às transmissoras com concessões renovadas por investimentos anteriores a maio de 2000: o repasse pelo período restante de vida útil dos equipamentos ou pelo tempo remanescente do período de concessão. Outra forma de transferência desse custo ao consumidor, o pagamento por meio da Conta de Desenvolvimento Energético, já está descartada, por representar custo imediato para o consumidor.

 

Fonte: Canal Energia

Cantareira: chance de sair do volume morto é de 97%

Após São Paulo ter chuvas acima da média histórica neste mês de novembro, a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) informou ontem que a probabilidade de que o Sistema Cantareira recupere sua capacidade e deixe de precisar usar água do chamado volume morto até o início do próximo período seco, no fim de abril, é de 97,6%. Na capital, choveu 149,7 milímetros até ontem, 16% acima da média histórica. Só em três dias não houve precipitações.
 
Fonte: O Estado de S. Paulo

Governo estuda unir órgãos e melhorar atuação na crise hídrica

Em meio ao esforço por uma reforma administrativa, visando o enxugamento da máquina pública federal, a presidente Dilma Rousseff recebeu proposta para integrar a Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco (Codevasf) e o Departamento Nacional de Obras Contra a Seca (Dnocs), conferindo alcance nacional à nova estrutura com a ampliação de atribuições para além do combate à seca no Nordeste.
 
Fonte: Valor Econômico

 

Seca no Nordeste muda planos de empresas e eleva preço de alimento

Em sua pior crise de abastecimento dos últimos 50 anos, o Semiárido brasileiro, que compreende parte do Nordeste e norte de Minas Gerais, deve enfrentar em 2016 o quinto ano seguido de seca. A estiagem prolongada, particularmente mais crítica nos Estados de Pernambuco e Ceará, contribui para alta dos preços dos alimentos na região e obriga o setor produtivo a buscar alternativas para driblar a falta de água.
 
Fonte: Valor Econômico

Chuva no Cantareira atinge só 60% do volume previsto no mês

Em apenas 15 dias, as chuvas que atingiram a cidade de São Paulo já superaram o volume esperado para todo o mês de novembro, informou o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), da prefeitura. Apesar disso, o Cantareira, principal reservatório que abastece a região metropolitana, acumula pouco mais da metade do volume esperado de chuva: 60,4%.
 
Fonte: Valor Econômico

Governo avançou pouco nos editais portuários

Os editais das quatro áreas portuárias que serão licitadas em dezembro ainda estão sendo analisados sob a lupa de empresários e de escritórios de advocacia. Mas a percepção inicial é que o governo avançou pouco em relação às minutas originais, de 2013, que foram alvo de grande crítica do empresariado.
 
Fonte: Valor Econômico

Plano prevê investimento de R$ 49 bi para atender demanda até 2042

A Secretaria de Portos lançará na segunda quinzena de dezembro um novo plano de investimento para o setor que reunirá boa parte dos investimentos já apresentados em anúncios anteriores. Ontem, o ministro da pasta, Helder Barbalho, afirmou que o novo Plano Nacional de Logística Portuária (PNLP) prevê a aplicação de R$ 49,04 bilhões para atender ao aumento da movimentação de cargas até 2042.
 
Fonte: Valor Econômico

Petroleiros da Bacia de Campos mantêm greve

Petroleiros do principal sindicato da categoria, o Sindipetro Norte Fluminense (Sindipetro-NF), que atuam nas plataformas localizadas na Bacia de Campos, responsável por 65% da produção petrolífera do país, rejeitaram o indicativo do comando da própria instituição pela suspensão da greve – e decidiram permanecer de braços cruzados.
 
Fonte: Valor Econômico

Companhias norueguesas mantêm interesse no Brasil

Mesmo num cenário de retração econômica, as empresas norueguesas da indústria naval e do setor de petróleo e gás devem manter estáveis seus investimentos no Brasil este ano, num patamar próximo dos US$ 800 milhões registrados em 2014. Os empresários nórdicos, no entanto, estão mais cautelosos em anunciar novos negócios no país, ressalva o vice-ministro de Petróleo e Energia da Noruega, Kåre Fostervold.
 
Fonte: Valor Econômico

Brookfield já negocia aporte na Invepar

Enquanto tenta sacramentar seu ingresso no capital da Invepar, a Brookfield já negocia alguns passos relevantes com os demais acionistas da empresa. Segundo duas fontes qualificadas, Brookfield e os fundos de pensão Previ (Banco do Brasil), Funcef (Caixa) e Petros (Petrobras), conversam sobre uma possível injeção de novos recursos na Invepar, ao mesmo tempo em que negociam alterações no acordo de acionistas da companhia.
 
Fonte: Valor Econômico

Perdas com risco hidrológico somam R$ 3,2 bi até setembro na Eletrobras

A Eletrobras contabilizou uma perda de R$ 3,2 bilhões com o déficit de geração hídrica (medido pelo fator GSF, na sigla em inglês) no acumulado do ano até setembro. Desse total, R$ 2,7 bilhões são relativos às perdas obtidas pelas subsidiárias integrais da holding elétrica (Furnas, Chesf, Eletrosul e Eletronorte) e o restante, R$ 500 milhões, corresponde à participação da estatal em sociedades de propósito específicos (SPEs) de hidrelétricas.
 
Fonte: Valor Econômico

Ancelmo Gois: Assina, Joaquim Levy

O governador Pezão encaminhou ao BNDES um pedido de financiamento para conclusão da Linha 4 do metrô do Rio ( Barra- Ipanema). Coisa de R$ 1,2 bi. O pedido encalhou na mesa do ministro Joaquim Levy.
 
Fonte: O Globo

Brasil terá sistema em 14 aeroportos

Brasil, Japão e Argentina usam sistemas da NEC para prevenção de acidentes e crimes, como reconhecimento facial e monitoramento de multidões. Na área de transporte aéreo, por meio de um contrato com a Receita Federal, a NEC está implantando um sistema de reconhecimento facial e de impressão digital nos 14 aeroportos internacionais do Brasil. A conclusão do trabalho está prevista para fevereiro.
 
Fonte: Valor Econômico

Identificar faces na multidão é parte da estratégia da NEC

Com quase 140 anos de existência, a japonesa NEC Corporation foca em tecnologia da informação, depois de desfazer-se de negócios como semicondutores e telefonia móvel. Na nova estratégia, o sistema de reconhecimento facial em grandes concentrações de pessoas é um dos produtos estratégicos, disse Nobuhiro Endo, presidente do grupo. Enquanto o software tradicional demora 26,74 segundos para identificar cem rostos, o sistema da NEC leva 0,41 segundo, compara o executivo.
 
Fonte: Valor Econômico

Em dois anos, BTP vira a segunda maior operadora do Porto de Santos

Empresa está atrás apenas da concorrente Santos Brasil na movimentação de contêineres. Juntos os dois terminais responderam por dois terços das cargas que entraram e saíram do porto paulista, que detém 27% do comércio externo do País.

 

Fonte: O Estado de S. Paulo