Início NOTÍCIAS DO DIA

NOTÍCIAS DO DIA

Um resumo das principais notícias sobre infraestrutura e indústrias de base publicadas em jornais e agências de notícias

Taesa estuda ativos à venda e promete disputar leilão de LTs este ano

A Taesa informou que continua com fôlego para aquisições em 2019. De acordo com o diretor de relações com investidores da empresa, Marcus Aucélio, a empresa não vai se recusar a analisar oportunidades de aquisição de ativos. O executivo disse ainda que a Taesa vai participar do leilão de LTs que será realizado no fim do ano. Ele prometeu que os lotes serão estudados para que ela possa disputar os mais atraentes. “Estamos abertos para o mercado brownfield e para o greenfield“, revelou o executivo em teleconferência realizada nesta quarta-feira, 15 de maio.

Canal Energia 

CCEE aprova adesão do ONS ao mercado livre de energia

A Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) informou nesta quarta-feira, 15 de maio, que aprovou a adesão do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) como consumidor especial do mercado livre de energia. No ano passado, o ONS realizou um leilão para a compra de energia, no qual a Lightcom Comercializadora de Energia foi a vencedora.

Canal Energia 

Eletrobras retoma venda de parques eólicos em junho

Depois de reportar um lucro quase três vezes maior no primeiro trimestre de 2019 na comparação anual, devido aos efeitos da venda de distribuidoras deficitárias, a Eletrobras vai retomar em junho o processo de venda de participações minoritárias em sociedades de propósito específico (SPEs). O novo modelo será baseado no decreto 9.188/2017, sobre a governança na venda de ativos de estatais, o mesmo adotado pela Petrobras em seu programa. A capitalização da holding elétrica, por sua vez, ainda não está confirmada.

Valor Econômico 

Sociedade precisa ser preparada para a transição energética, diz Thiago Barral

A sociedade precisa ser preparada para a transição energética e os agentes envolvidos precisam ter clareza para explicar a alocação de custos e benefícios. A avaliação é do presidente da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Thiago Barral, que participou nesta terça-feira, 14, do primeiro encontro da série Diálogos da Transição, organizado pela epbr e o Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (Cebds).

Agência Epbr 

Marisete Dadald Pereira e Agnes da Costa falam, em artigo, sobre a modernização do setor

A secretária-executiva do Ministério de Minas e Energia, Marisete Dadald Pereira, e a chefe da Assessoria Especial em Assuntos Regulatórios, Agnes da Costa, falam sobre a modernização do setor elétrico em artigo exclusivo publicado nesta terça-feira, 14 de maio, no Portal CanalEnergia. Elas lembram que a modernização do setor vem sendo feitas por ondas desde a década de 1990, com o modelo RESEB (Grupo de Reestruturação do Setor Elétrico Brasileiro).

Canal Energia

Aneel aprova revisão do programa de universalização da Cepisa

A Agência Nacional de Energia Elétrica aprovou a revisão do plano de universalização da área rural da Companhia Energética do Piauí, com prorrogação para 2022 do prazo limite para atendimento a unidades consumidoras ainda sem energia elétrica. A distribuidora foi autorizada a enviar o resultado de um levantamento cadastral até 30 de junho de 2020, com uma nova proposta de revisão do plano.

Canal Energia 

Maia: só reforma da Previdência não garante crescimento econômico necessário

Durante palestra a investidores em Nova York, Rodrigo Maia afirmou que a reforma sozinha não será suficiente para promover o crescimento econômico e a geração de empregos necessários ao País. “A Previdência é uma agenda que organiza o nosso passado, para termos tranquilidade para construir o futuro, mas o Brasil tem outros problemas muito sérios que a gente até agora não foi capaz de organizar”, declarou. “A gente vai ter que pensar uma solução para, de alguma forma, depois da reforma da Previdência, ter capacidade de ampliar gastos no Brasil. Não tem muita saída, porque vivemos 5 anos em uma recessão”, acrescentou.

Agência Câmara de Notícias 

Venda de distribuidoras impulsiona aumento do lucro da Eletrobras

O crescimento expressivo do resultado da Eletrobras no primeiro trimestre de 2019 foi motivado principalmente pelo efeito da alienação das participações societárias da companhia, sobretudo das distribuidoras. Na prática, o ganho se deu não pelo valor arrecadado com a venda desses ativos — mas com o prejuízo que essas empresas deixaram de dar para a companhia.

Valor Econômico

Concessões de rodovias terão pedágio flexível

As próximas concessões federais de rodovias vão ter pedágio flexível. A ideia é que o concessionário só possa cobrar tarifas mais altas quando tiver concluído as obras de duplicação ou estruturais contratadas – a regra atual libera cobrança do teto da tarifa com pelo menos 10% das obras executadas. As novas concessões federais de rodovias vão adotar uma regra para estabelecer o preço dos pedágios cobrados ao longo das estradas que forem repassadas à iniciativa privada.

O Estado de S. Paulo 

Petrobras inicia venda da sua participação na Breitener Energética

A Petrobras iniciou a etapa de divulgação de oportunidade (“teaser”) referente à venda integral de sua participação de 93,7% na Breitener Energética. Conforme comunicado, o “teaser”, que contém as principais informações sobre a oportunidade, bem como os critérios de elegibilidade para a seleção de potenciais participantes, está disponível no site da Petrobras.

Valor Econômico 

Santander começa a operar com sua comercializadora

A comercializadora do Santander fez suas primeiras operações de compra e venda de energia na semana passada, em mais um passo da inserção do banco no setor elétrico. “Faz parte da estratégia do banco oferecer um pacote completo, uma solução única para os clientes”, disse Rafael Thomaz, executivo sênior do banco e responsável pela área de comercialização. A ideia é fidelizar os clientes, que podem tomar crédito do Santander para investir em projetos de geração (centralizada, de grande porte, ou distribuída, em projetos menores), ou encontrar condições adequadas para migrar para o mercado livre – aquele no qual o consumidor escolhe de quem comprar a energia.

Valor Econômico 

 

Medidas provisórias trancam pauta da Câmara

A Câmara dos Deputados e o Senado pautaram para esta semana oito projetos com alta probabilidade de se tornarem leis nos próximos 180 dias, segundo projeção do Estudos Legislativos e Análise Política do Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (Cebrap/Ello) para o Valor Política. Desses, seis são medidas provisórias (MPs). As medidas tratam da reforma ministerial do atual governo, o novo marco legal do saneamento básico (com estímulo as privatizações), a abertura do setor aéreo brasileiro ao capital estrangeiro, alterações na Lei Geral da Proteção de Dados (com a criação de uma agência para fiscalizar sua aplicação), prorrogação do prazo de inscrição dos imóveis no Cadastro Ambiental Rural (CAR) e a criação da empresa pública NAV Brasil Serviços de Navegação Aérea (SA), resultado de uma cisão parcial na Infraero.

Valor Econômico 

Iluminação de SP esbarra em falta de postes, vandalismo e licitação parada

Agora, o próximo projeto é substituir, em 18 meses, toda a iluminação da cidade por lâmpadas de LED, que são 30% mais eficientes, consomem 50% menos energia e dão uma sensação de segurança maior. “Queremos tudo zerado, tudo novo, mas dependemos de um processo que está na Justiça”, diz o diretor. Ele se refere a uma pendência jurídica com o consórcio FM Rodrigues, que detém o principal contrato de manutenção do Ilume (R$ 7 bilhões por 20 anos) e é contestado pelos concorrentes. Se tiver que ser feita nova licitação, não há prazo para iniciar a troca do equipamento. O processo está parado no Superior Tribunal de Justiça (STJ)

Folha de S. Paulo

Viracopos deve receber mais duas propostas pelo aeroporto

Depois de conseguir postergar a assembleia geral dos credores, ganhando mais prazo para tentar uma solução que leve à aprovação de seu plano de recuperação judicial, a concessionária de Viracopos deve receber mais duas propostas pelo aeroporto, segundo as estimativas de quem tenta costurar um acordo para salvar o terminal da falência. Dentro da concessionária, a expectativa é que a Inframérica, que toca os aeroportos de Brasília e Natal, apresente termos razoáveis.

Folha de S. Paulo 

ANA discutirá perspectivas do setor elétrico no Nordeste

A Agência Nacional de Águas vai debater no dia 3 de junho a perspectiva do setor elétrico no Nordeste, na segunda reunião mensal da Sala de Acompanhamento da Operação do Sistema Hídrico do Rio São Francisco. No dia 1º de maio, entrou em vigor a Resolução 2.081, de 2017, que trata das condições para a operação dos reservatórios das usinas de Três Marias, Sobradinho, Itaparica, Moxotó, Paulo Afonso I, II, III e IV e Xingó, operadas pela Chesf.

Canal Energia