Início NOTÍCIAS DO DIA

NOTÍCIAS DO DIA

Serviço de curadoria produzido todas as manhãs no qual é apresentado um resumo das principais notícias sobre infraestrutura publicadas em jornais, agências de notícias e demais veículos de imprensa brasileira, com links para o conteúdo original.

Adiamento de relicitação de aeroportos pode contaminar leilão do Galeão

O adiamento da relicitação dos aeroportos de Viracopos (SP) e São Gonçalo do Amarante (RN) sinaliza que a devolução de ativos da primeira leva de concessões do setor deve ser mais complexa do que o esperado. A definição dos valores devidos pela União aos concessionários – como forma de indenização pelos investimentos ainda não amortizados – é o principal entrave para a conclusão dos processos, o que pode afetar a relicitação do Aeroporto do Galeão (RJ), cujo pedido de devolução foi feito recentemente.

O Estado de S.Paulo

Bolsonaro diz que, com nova diretoria, Petrobras pode mudar política de preços

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira que a Petrobras pode alterar sua política de preços após a posse de uma nova diretoria. Bolsonaro disse que o indicado do governo para a presidência da estatal, Caio Paes de Andrade, vai escolher novos diretores e que, “se for o caso”, o Conselho de Administração pode mudar o modelo atual de reajuste. O presidente acrescentou que vai baixar um decreto para exigir que os postos de gasolina mostrem qual é o preço dos combustíveis nas refinarias.

O Globo

Cade aprova venda da Gaspetro, subsidiária da Petrobras, para Compass

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou nesta quarta-feira a venda da Gaspetro, subsidiária de distribuição de gás da Petrobras, para a Compass, do grupo Cosan. A operação foi anunciada em julho do ano passado por um valor de R$ 2 bilhões. Apesar de algumas divergências sobre medidas para garantir a concorrência no setor, o tribunal aprovou, por maioria, a operação sem restrições.

O Globo

Geração própria de energia solar pode baratear em 5,6% conta de luz na próxima década

Um estudo da consultoria Volt Robotics, encomendado pela Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), apontou que o crescimento da geração própria de energia solar (geração distribuída) em telhados, fachadas e pequenos terrenos pode baratear a conta de luz dos brasileiros, inclusive os que não têm sistema solar próprio, em 5,6% até 2031, além de trazer mais de R$ 86,2 bilhões em benefícios ao setor elétrico na próxima década. Denominado “Contribuições da geração própria de energia solar na redução da conta de luz de todos os brasileiros”, a pesquisa apresenta as contribuições da geração distribuída solar para a redução dos preços de eletricidade no  país e traça cenários futuros.

Valor Econômico

Engie conclui aquisição

A Engie comunicou que concluiu a aquisição do Projeto Serra do Assuruá junto à PEC Energia, com preço máximo de R$ 265 milhões. A operação foi realizada pela controlada Engie Brasil Energias Complementares. De acordo com a companhia, a aquisição inclui a totalidade das ações da Maracanã Geração de Energia, subsidiária da PEC Energia, e de ativos relacionados ao projeto Serra do Assuruá. O projeto tem capacidade instalada outorgada de 882 megawatts, composto por 24 parques eólicos em Gentio do Ouro (Bahia).

Valor Econômico

 

Expansão da energia solar

Um estudo da consultoria Volt Robotics, encomendado pela Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), apontou que o crescimento da geração própria de energia solar (geração distribuída) em telhados, fachadas e pequenos terrenos pode baratear a conta de luz dos brasileiros, inclusive os que não têm sistema solar próprio, em 5,6% até 2031, além de trazer mais de R$ 86,2 bilhões em benefícios ao setor elétrico na próxima década.

Valor Econômico

Mondelez compra Clif

A americana Mondelez International fechou acordo para comprar a fabricante americana de barras energéticas orgânicas Clif Bar &Co. como parte de seu plano para impulsionar seu segmento de lanches. A fabricante do biscoito Oreo, com sede em Chicago, comprará a Clif por US$ 2,9 bilhões, de acordo com comunicado. A aquisição da Clif – cujas marcas incluem a linha de barras de proteína Luna – expande o mercado global negócio de lanches que inclui Perfect Snacks nos EUA e Grenade no Reino Unido. As informações são da Bloomberg.

Valor Econômico

Mitsui pode travar venda da Gaspetro

Às vésperas da decisão do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) sobre a aquisição da participação de 51% da Petrobras na Gaspetro pela Compass, empresa de gás e energia do grupo Cosan, a operação de R$ 2 bilhões pode sofrer novas reviravoltas. O Valor apurou que a Mitsui Gás e Energia, sócia da estatal na Gaspetro, rechaça o novo formato da operação, em que a Compass vende até 12 das 18 distribuidoras em que a Gaspetro tem participação, e sinalizou que deve exercer seu direito de preferência.

Valor Econômico

Aneel reajusta bandeiras tarifárias em até 63,7%

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) reajustou entre 3,2% e 63,7% os valores adicionais das bandeiras tarifárias – encargo extra cobrado nas contas de luz quando pioram as condições e os custos da geração de energia elétrica. Os novos valores passam a vigorar no período entre julho deste ano e junho de 2023. A Aneel anuncia na sexta-feira qual será a bandeira tarifária do mês que vem. Para todos os patamares, os valores aprovados pela diretoria da Aneel, ontem, são superiores aos propostos na consulta pública que a agência realizou entre 14 de abril e 4 de maio, algo esperado pelo mercado, uma vez que o sistema tem verificado déficit (quando a arrecadação não cobre os custos de geração) de forma recorrente. 

Valor Econômico

Petroquímica no Rio pode gerar R$ 20 bi em dutos e infraestrutura

Ampliar a demanda de gás do Estado do Rio de Janeiro, por meio do consumo na indústria petroquímica, pode levar a investimentos de R$ 20 bilhões na construção de novos gasodutos e infraestruturas associadas, como unidades de processamento. A conclusão é de um estudo da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), que apontou que o Rio tem potencial para acabar com a dependência brasileira de importação de alguns produtos petroquímicos, como fertilizantes, devido à alta disponibilidade de gás natural na costa, utilizado na produção desses insumos.

Valor Econômico

Artigo: Dinheiro não aceita instabilidade

Manancial de boas notícias para o governo na primeira metade do mandato de Jair Bolsonaro, o programa federal de concessões vem acumulando problemas. Os empreendimentos que já estão em operação enfrentam um aumento de custo difícil de acomodar nas planilhas. Algumas concessões que estão na prateleira já encalharam, por dois tipos de incertezas: as comuns a todo o planeta e as made in Brazil. Um dos dados mais impressionantes que o ministro da Economia, Paulo Guedes, usa para mostrar que o Brasil está “condenado a crescer” é a carteira de quase R$ 900 bilhões em investimentos que as concessionárias de rodovias, portos, aeroportos, de energia, de óleo e gás e de saneamento precisarão fazer ao  longo da próxima década.

(Lu Aiko Otta é repórter em Brasília)

Valor Econômico

Aporte da Eletrobras reduzirá reajustes de Cemig, Copel, RGE Sul e Energisa MG

O aporte de R$ 5 bilhões da Eletrobras para modicidade tarifária reduzirá os reajustes anuais das distribuidoras Cemig, Copel, RGE Sul e Energisa MG em pouco mais de 2 pontos percentuais em 2022, segundo dados apresentados pela Aneel (Agencia Nacional de Energia Elétrica) nesta terça-feira (21). Os reajustes tarifários dessas quatro concessionárias para este ano serão deliberados em reunião da Aneel nesta terça-feira. No caso de Cemig e RGE Sul, a agência havia postergado as tarifas vigentes para esperar o aporte de recursos da Eletrobras após o processo de privatização.

Folha de S.Paulo

Ericsson revisa projeção de crescimento do 5G após guerra e crise

Saiu nesta terça (21) o relatório anual da Ericsson com o prognóstico da companhia sueca de telecomunicações para a expansão do 5G no mundo, mas o enfraquecimento global da economia e as incertezas da guerra na Ucrânia provocaram uma revisão nas previsões da empresa para 2022 em torno de 100 milhões de assinaturas. Para 2027, ano em que a tecnologia deve se tornar dominante, pelas projeções da empresa, serão 4,4 bilhões de usuários do 5G no mundo.

Folha de S.Paulo

Ferrovias pedem reajuste no frete para compensar disparada do combustível

A ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) analisa um pedido de reajuste no frete do transporte ferroviário. A solicitação foi enviada pela ANTF (Associação Nacional dos Transportadores Ferroviários), que reúne as principais empresas do setor, para compensar o peso da disparada do diesel sobre os custos da operação. A associação preparou um estudo enviado à ANTT para detalhar os efeitos do mega-aumento tanto na operação quanto na construção de novas ferrovias.

Folha de S.Paulo

Entenda o que prevê a Lei das Estatais e como mudanças no texto podem atingir a Petrobras

Em meio à disparada do preço dos combustíveis em ano eleitoral, o governo do presidente Jair Bolsonaro faz um cerco à Petrobras – o que pode render uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) – e prepara uma medida provisória (MP) para mudar as regras da Lei das Estatais.  A Lei das Estatais foi sancionada em junho de 2016 pelo então presidente Michel Temer. Quando aprovou o texto, o governo classificou a lei (Lei 13.303/2016) como um instrumento de caráter “altamente moralizador” das empresas públicas. 

O Estado de S.Paulo