Podcast Infra para Crescer
Início NOTÍCIAS DO DIA

NOTÍCIAS DO DIA

Serviço de curadoria produzido todas as manhãs no qual é apresentado um resumo das principais notícias sobre infraestrutura publicadas em jornais, agências de notícias e demais veículos de imprensa brasileira, com links para o conteúdo original.

Corte de custos da Petrobras fica na berlinda

A derrota sofrida pela Petrobras no Tribunal Superior do Trabalho (TST), que condenou a estatal a adotar um novo cálculo para complementar os salariais de seus trabalhadores ativos e aposentados, não terá impactos imediatos sobre o caixa da companhia. O revés, contudo, promete pressionar os gastos futuros da estatal com pessoal, num momento em que a empresa vem apresentando resultados melhores em suas despesas.

Valor Econômico

Novo governo pode rever modelagem de Angra 3

O governo do presidente eleito Jair Bolsonaro poderá rever a modelagem atualmente em estudo para a retomada das obras da usina nuclear de Angra 3. O Valor apurou que, com o apoio declarado do novo presidente ao empreendimento e com a indicação de um especialista no setor nuclear, o almirante Bento Albuquerque, para o ministério de Minas e Energia, uma ala da equipe de transição do governo defende que o projeto volte a ter participação relevante da Eletrobras ou da União.

Valor Econômico

Sem acordo entre Alagoas e União, venda da Ceal será decidida na Justiça

Terminou sem acordo a reunião entre Estado de Alagoas e Ministério da Fazenda para tentar destravar a privatização da Companhia Energética de Alagoas (Ceal), suspensa devido à liminar concedida em junho pelo ministro Ricardo Lewandowski, do STF. Segundo o governador reeleito de Alagoas, Renan Filho (MDB), as divergências continuam e devem ser resolvidas apenas na Justiça. Renan Filho disse que o encontro era para “checar se há condição processual de facilitar a solução”.

Valor Econômico

Governo prepara decretos para destravar edital de 5G

O governo de Jair Bolsonaro trabalha nos ajustes finais de dois decretos para viabilizar a aprovação do edital de venda das licenças da quinta geração de telefonia celular (5G) pelo comando da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Um dos decretos tratará das condições de operação da rede privativa de uso exclusivo de órgãos federais, que consumirá R$ 1 bilhão do valor arrecadado no leilão. O texto deve definir as condições de gestão da rede, caso se confirme a privatização da Telebras. A empresa foi definida, em decreto anterior, como o ente estatal responsável por garantir a comunicação segura do governo por meio da infraestrutura de telecomunicações dedicada a essa finalidade.

Valor Econômico

 

MRS avalia alongar prazos para clientes

A operadora de ferrovias MRS Logística, que tem como acionistas Vale, Gerdau, CSN e Usiminas, ainda não sentiu impactos diretos da crise provocada pela pandemia do coronavírus, mas há preocupação quanto à situação de fornecedores e clientes, segundo o presidente da companhia, Guilherme Mello.

Valor Econômico

Brasil precisa dobrar obras de saneamento para atingir meta, diz Banco Mundial

O Brasil precisa duplicar o investimento em água e esgoto nos próximos anos para atender às necessidades de universalização do serviço de saneamento. E, para isso, precisará criar novas formas de financiamento para o setor, com a inclusão da iniciativa privada e o aumento das tarifas. A afirmação foi feita nesta quinta-feira (11) pelo especialista do Banco Mundial, Marcos Thadeu Abicalil, durante audiência pública que debateu a Medida Provisória 868/2018.

Senado Notícias 

Leilão de linhas de transmissão irá promover a produção de energias renováveis no Nordeste

A Região Nordeste receberá investimentos destinados às linhas de transmissão de energia, com foco na ampliação da infraestrutura e na capacidade para produzir e exportar energias renováveis.

Na última sexta-feira (05), o ministro de Minas e Energia do Brasil, Alexandre Silveira, anunciou o projeto durante a Assembleia Geral Ordinária do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento do Nordeste, o Consórcio Nordeste, realizado no Centro de Eventos do Ceará, no município de Fortaleza (CE).

Os gestores discutiram a produção de energias renováveis e o leilão de concessão de linhas de transmissão na região para a integração energética. Durante o evento, o Governo Federal assumiu a diretriz de transformar o Nordeste no maior celeiro de energia limpa e renovável do mundo.

Estima-se que, ao todo, serão empenhados mais de R$ 120 bilhões em investimentos privados na área de geração de energia renovável. Os leilões estão previstos para o segundo semestre, captarão mais de R$ 56 bilhões de investimento para transmissão de energia do Nordeste.

O governo tem cobrado celeridade da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), para que o processo aconteça o quanto antes. Pelo evento, ficou evidente a retomada do diálogo e da colaboração federativa. (Governo do Estado do Ceará)

Concessões devem gerar R$ 300 bilhões em investimentos

As concessões de ativos de infraestrutura podem gerar investimentos de até R$ 300 bilhões nos próximos anos, de acordo com levantamento feito pelo Itaú BBA. Só o setor de energia, sobretudo os projetos de geração e transmissão, deverá abocanhar quase 70% desses aportes.

Fonte: O Estado de S. Paulo

Leilão de transmissão vende 90% dos lotes

de leilões de linhas de
transmissão, o governo comemorou
ontem a licitação
da maioria dos lotes ofertados.
Dos 24 trechos colocados em disputa, 21, ou quase 90%, foram arrematados pela iniciativa privada e três
não tiveram propostas. Com exceção de cinco lotes, conquistados pelo preço mínimo, os demais tiveram deságios que chegaram a 28%. As linhas leiloadas exigirão investimentos de R$ 11,6 bilhões durante a construção.

 

Fonte: O Estado de S. Paulo

Petrobras avalia cobrir oferta de R$ 10 bilhões para assumir controle da Braskem

A expectativa da Petrobras é a de se tornar a controladora da Braskem ao final do processo de venda da empresa, segundo apurou o Estadão/Broadcast. A iniciativa significaria a retomada do projeto original da estatal iniciado em 2007. A Petrobras tem direito de preferência sobre as ações da companhia petroquímica e poderá cobrir a oferta da Unipar, de R$ 10 bilhões em dinheiro. A proposta foi considerada melhor do que a recebida anteriormente do consórcio formado pela Adnoc (estatal de petróleo de Abu Dhabi) e do fundo de private equity americano Apollo, formada por títulos e debêntures.

O Estado de S.Paulo

Novo fundo pode receber P&D do setor de energia

As empresas do setor de óleo e gás e também de energia elétrica poderão cumprir suas obrigações de investimento em pesquisa e desenvolvimento (P&D), previstas em lei ou contratos de concessão, por meio de aportes nos chamados fundos patrimoniais, modalidade criada pela medida provisória 851, editada nesta semana pelo governo federal.

Valor Econômico

Gás russo paralisa mercados, e UE corre para ajudar empresas de energia

Os preços do gás na Europa subiram, os preços das ações caíram e o euro despencou nesta segunda-feira (5), depois que a Rússia parou de bombear gás para a Europa por meio de uma importante rota de abastecimento, enviando um novo tsunami pela economia da União Europeia que ainda não se recuperou da pandemia de Covid-19. Os governos da UE estão correndo com pacotes de bilhões de dólares para evitar que as empresas de energia sejam esmagadas por uma crise de liquidez e para proteger as famílias de contas crescentes, depois que a estatal russa Gazprom disse que iria parar de bombear gás através do gasoduto Nord Stream 1 devido a uma falha.

Folha  de S.Paulo

Altas temperaturas: consumo de energia em setembro deve ter maior crescimento dos últimos meses

As altas temperaturas que têm afetado diversas regiões brasileiras terão efeito direto no consumo de energia elétrica no País, conforme estima o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS). A projeção para o mês de setembro é de crescimento de 5,8%, com altas em todas as regiões, de acordo com um boletim divulgado pelo órgão. A perspectiva de crescimento nos submercados é mais expressiva no Norte, com 10,6%. A área entre Sudeste e Centro-Oeste deve registrar avanço de 6,1%, seguido pelo Nordeste, com 4,2%. O Sul, que vem enfrentando um período de fortes chuvas, fica em último lugar, com 3,8%. Os percentuais comparam os resultados para o final de setembro de 2023, ante o mesmo período do ano passado.

O Estado de S.Paulo

Estados buscam parcerias com setor privado para investir em saneamento

A maioria dos Estados brasileiros avalia ou já deu andamento a projetos para atrair um parceiro privado para serviços de saneamento, seja na distribuição e tratamento de água e de esgoto ou na gestão de resíduos sólidos. O interesse crescente de governadores e prefeitos ocorre no embalo do novo marco legal do setor, que estipula a universalização do saneamento até 2033. Essas iniciativas devem injetar ao menos R$ 60 bilhões no setor – cifra ainda pequena frente à necessidade de investimentos no setor no País, que beira os R$ 700 bilhões.

O Estado de S. Paulo

Governo quer derrubar liminares do setor elétrico

O governo vai fazer uma ofensiva para derrubar liminares que atualmente travam o mercado de energia. O Ministério de Minas e Energia (MME), a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e a Advocacia-Geral da União (AGU) entraram com pedido para suspender uma ação que pode gerar efeito dominó e invalidar até 152 liminares que envolvem R$ 1,25 bilhão. Nessa verdadeira guerra de ações judiciais, hidrelétricas questionam a gestão do setor elétrico pelo governo em períodos de seca.

Fonte: O Estado de S. Paulo