Podcast Infra para Crescer
Início NOTÍCIAS DO DIA

NOTÍCIAS DO DIA

Serviço de curadoria produzido todas as manhãs no qual é apresentado um resumo das principais notícias sobre infraestrutura publicadas em jornais, agências de notícias e demais veículos de imprensa brasileira, com links para o conteúdo original.

Oi faz novo leilão de torres no dia 22

A operadora Oi realiza na segunda-feira, às 15h30, um leilão para a venda de 8 mil torres de telefonia fixa, incluindo contratos, direitos, obrigações licenças e demais equipamentos necessários à operação. O preço mínimo estabelecido no edital é de R$ 1,697 bilhão, com pagamento em dinheiro. As torres são o conjunto estrutural no qual são instaladas as antenas para transmissão de radiofrequência e equipamentos.

Valor Econômico

Abespetro define agenda para impulsionar setor de óleo e gás no Brasil

A Associação Brasileira das Empresas de Serviços de Petróleo (Abespetro) definiu uma agenda propositiva para o segmento de exploração e produção de óleo e gás, a fim de remover restrições que impedem a aceleração do desenvolvimento industrial do país. A entidade defende a realização de investimentos maciços em projetos de óleo e gás, considerados ppela entidade como fundamentais para viabilizar a transição energética. Para a Abespetro, investimentos em óleo e, principalmente, em gás natural, podem ser o caminho para viabilizar projetos de transição energética.

Valor Econômico

Petrobras: Nosso planejamento não pode ser volátil, diz diretor

A Petrobras precisa de um planejamento consistente, apesar de trabalhar com preços de câmbio e barril de petróleo voláteis, defendeu na manhã de hoje o diretor de relacionamento institucional e sustentabilidade da companhia, Rafael Chaves. “Nossas indústrias são indústrias de longo prazo. O câmbio é volátil, o preço do barril é volátil, mas nosso planejamento não pode ser volátil, precisamos de um planejamento consistente, porque miramos décadas à frente”, disse em apresentação a executivos na Firjan na manhã de hoje.

Valor Econômico

Com XP, Campo de Marte e Jacarepaguá têm 5 mil sócios

Um fundo de infraestrutura da XP Asset levou ontem a concessão de Campo de Marte, em São Paulo, e Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, transformando 5 mil cotistas pessoas físicas em sócios dos dois aeroportos. O XP Infra IV levantou R$ 305 milhões no início de agosto, numa primeira tranche com investidores qualificados (com carteira de investimento acima de R$ 1 milhão). O capital autorizado do fundo é de R$ 2 bilhões, o que significa que o veículo pode levantar mais recursos para novos ativos no portfólio.

Valor Econômico

Mapa de concessões de aeroportos se fecha, mas deverá estimular aquisições

O mapa das concessões brasileiras de aeroportos, um negócio iniciado timidamente em 2011, está muito perto de ganhar traços finais depois de sete rodadas de leilões. No entanto, abre-se em breve uma janela para a reconfiguração do desenho atual com fusões e aquisições no setor. Algumas grandes operadoras internacionais – a francesa Aéroports de Paris (ADP), a alemã Avialliance e a americana ADC & Has – falharam em suas tentativas de entrar no Brasil. 

Valor Econômico

 

Aditivo da CCR em SP

A CCR comunicou ao mercado ontem que assinou aditivo de contrato com o Estado de São Paulo estabelecendo que o reajuste tarifário deve ocorrer até 16 de dezembro deste ano. De acordo com o comunicado, o reajuste ocorre em razão do desequilíbrio econômico-financeiro gerado em razão da decisão de estabilizar as tarifas de pedágio. A CCR afirma que houve frustração da receita bruta causada pelo não repasse do reajuste das tarifas em 2021 e 2022. O aditivo é referente às rodovias paulistas concedidas e diz respeito às controladas CCR AutoBAn, CCR SPVias, CCR ViaOeste, CCR RodoAnel e Rrenovias

Valor Econômico

Aena enfrenta críticas no Nordeste e é alvo de senadores na Espanha

Vencedora do leilão de Congonhas com uma proposta única e sem disputa, a operadora espanhola Aena tem enfrentado problemas e avaliações negativas no aeroporto de Recife, o maior de sua rede de seis concessões na região Nordeste. O terminal pernambucano teve o segundo pior desempenho do país — atrás apenas de Belém — na última pesquisa nacional de satisfação do passageiro e desempenho aeroportuário, com dados do 4º trimestre de 2021, que é conduzida pela Secretaria de Aviação Civil (SAC) do Ministério da Infraestrutura.

Valor Econômico

Aena conquista Congonhas com ágio de 231%, mesmo sem disputa

O leilão da sétima rodada de concessões aeroportuárias, realizado na quinta (17), terminou com uma outorga total de R$ 2,7 bilhões e investimentos contratados de R$ 7,3 bilhões para os próximos 30 anos. Os três blocos licitados foram conquistados pela espanhola Aena, o consórcio da Socicam e a XP Asset. A estimativa de aumento na movimentação nos três blocos juntos é de 24,7 milhões para 37,5 milhões de passageiros entre 2023 e em 2052.

Valor Econômico

CNI recebe 10 indústrias em nova fase de programa de eficiência energética

Dez plantas industriais dos setores siderúrgico, de mineração, químico e de cimento devem aderir ao programa de eficiência de processos produtivos da CNI (Confederação Nacional da Indústria). A iniciativa chamada de Programa Aliança 2.0, que busca reduzir o consumo e os gastos com energia, vai destinar R$ 20 milhões em quatro anos para o desenvolvimento de projetos em 24 indústrias de consumo intensivo.

Folha  de S.Paulo

Anatel diz que já abriu processos para apurar qualidade do 5G

A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) abriu procedimentos internos para verificar se Vivo, Claro e Tim estão cumprindo suas obrigações na instalação das redes 5G. A informação foi dada pelo conselheiro Moisés Moreira, que preside o Gaispi (Grupo de Acompanhamento da Implantação das Soluções para os Problemas de Interferência, o comitê do 5G), nesta quinta-feira (18).

Folha  de S.Paulo

Governo tenta eleger conselho mais alinhado na Petrobras nesta sexta

Na mais polêmica assembleia de acionistas desde o início do mandato do presidente Jair Bolsonaro (PL), os acionistas da Petrobras elegerão nesta sexta-feira (19) um novo conselho de administração da companhia, mais alinhado ao governo e criticado por descumprimento da Lei das Estatais. A renovação do conselho é parte de uma estratégia para reduzir resistências a intervenções na gestão da companhia, que teve dois presidentes demitidos após a escalada dos preços dos combustíveis no primeiro semestre.

Folha  de S.Paulo

ANP vai rever preço para cálculo de royalties do petróleo no país

A ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis) quer antecipar a revisão no preço de referência para o cálculo dos royalties do petróleo no país para beneficiar pequenas e médias empresas que operam no setor. As grandes petroleiras, porém, veem riscos de que o processo possa levar à revisão dos preços também dos grandes campos de petróleo do pré-sal, transferindo parte da margem de lucro do setor para os cofres de estados e municípios.

Folha  de S.Paulo

Congonhas: conheça a Aena, empresa que passa a administrar o aeroporto

Aeroporto que era considerado a joia da coroa do processo de concessões no Brasil – por estar no meio da cidade de São Paulo e ter alta demanda do público corporativo, que paga tarifas mais elevadas –, Congonhas será administrado pela empresa espanhola Aena. O grupo arrematou o bloco de aeroportos SP-MS-PA-MG por R$ 2,45 bilhões, um ágio de 231% em relação à outorga mínima estabelecida no edital, de R$ 740,1 milhões. O terminal, portanto, passa das mãos da estatal brasileira Infraero, vinculada ao Ministério da Infraestrutura, para a companhia que tem 49% de suas ações negociadas na Bolsa de Madri e 51% dos papéis controlados pela estatal Enaire, ligada ao Ministério de Transportes, Mobilidade e Agenda Urbana do governo espanhol.

O Estado de S.Paulo

 

Petrobras se prepara para descobrir ‘novo pré-sal’ no litoral do Amapá

Depois que a BP e a Total desistiram de explorar a Foz do Amazonas, a Petrobras decidiu buscar sozinha o que pode ser um das maiores descobertas no Brasil após o pré-sal. Rebatizada de Amapá Águas Profundas, a expectativa da estatal é perfurar o primeiro poço na região Norte do País ainda este ano, como informa o gerente executivo responsável pela área, Mario Carminatti.

O Estado de S.Paulo

5G: Anatel adia para outubro prazo para ativação em todas as capitais e libera início no Rio na segunda

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) autorizou nesta quinta-feira as operadoras de telefonia a ligarem o 5G no Rio de Janeiro, Palmas, Florianópolis e Vitória a partir da próxima segunda-feira. A partir dessa data, serão 12 as capitais a operarem a nova tecnologia no país: Brasília (DF), Belo Horizonte (MG), Curitiba (PR), Goiânia (GO), João Pessoa (PB), Porto Alegre (RS), Salvador (BA) e São Paulo (SP).

O Globo