PPPs estaduais, já em ritmo lento, vão cair mais, prevê consultoria

1342

O número de contratos de PPPs (parcerias público-privadas) estaduais assinadas, que já caiu nos dois últimos anos, deve seguir em queda em 2018, segundo a consultoria Radar PPP. Houve duas celebrações desse tipo de concessão no ano passado, e nenhuma em 2016. Em anos eleitorais, como 2018, é comum que haja poucas aberturas de procedimentos, segundo Bruno Pereira, sócio da consultoria. “As PPPs podem demorar a voltar a deslanchar, porque uma nova administração executiva demora cerca de 20 meses para compreender as questões legais, priorizar as áreas e lançar seus projetos.”

Folha de S. Paulo