LeftRight

Tag : petróleo


A Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) pretende iniciar um debate sobre uma nova mudança na lei de partilha do pré-sal. Sacramentado o fim da exclusividade da Petrobras na operação das áreas leiloadas sob esse regime, a indústria fluminense propõe que áreas com vocação para o pós-sal, situadas dentro do polígono do pré-sal, possam ser licitadas sob o regime de concessão.

 

Fonte: Valor Econômico

O Estado de São Paulo deve receber potencialmente US$ 40 bilhões em investimentos diretos a partir das nove rodadas de licitações de campos de petróleo e gás natural previstas para acontecer até 2019, segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). O montante representa metade do investimento total previsto em todo o Brasil, de US$ 80 bilhões

 

Fonte: Valor Econômico

A produção nacional de petróleo cresceu 4,5% em maio, ante abril, informou ontem a ANP. Ao todo, foram produzidos, no mês retrasado, 2,653 milhões de barris por dia, o que representa crescimento de 6,7 % em relação a maio de 2016. Também foram produzidos, em maio, 105 milhões de metros cúbicos por dia de gás natural, o que significa uma alta de 2,1% frente abril e de 5% na comparação anual. A queima totalizou 3,7 milhões de m3 /dia, o que representa um aumento de 4,3% se comparada a abril e de 1% em relação a maio de 2016.

 

Fonte: Valor Econômico

Dona das maiores reservas de petróleo do mundo ­ estimadas em 300 bilhões de barris ­ a Venezuela vê a sua produção petroleira diminuir, o que ameaça a já crítica situação econômica do país e complica a situação política do presidente Nicolás Maduro.

 

Fonte: Valor Econômico

A Agência Nacional do Petróleo (ANP) inicia amanhã a temporada de leilões de áreas para exploração de petróleo e gás natural no país. A agência vai ofertar nove campos terrestres antigos, que já produziram petróleo e foram devolvidos pela Petrobras. Esta primeira disputa, chamada de “rodadinha”, é voltada para pequenas e médias empresas nacionais e estrangeiras. O investimento previsto nos campos soma R$ 9,8 milhões, e a estimativa de arrecadação é de R$ 451.505. O certame antecede leilões mais aguardados no mercado, como a 14ª Rodada de áreas do pó-sal, marcada para setembro, e os dois leilões do pré-sal, previstos para outubro.

Fonte: O Globo

A Agência Nacional do Petróleo projeta que os dez leilões que deverão ser realizados até o fim de 2019 poderão resultar em investimento direto de US$ 83 bilhões no setor de óleo e gás.

 
Fonte: Valor Econômico

O governo aumentou em cerca de R$ 4 bilhões as suas expectativas de arrecadação com os leilões de áreas de petróleo e gás deste ano, depois de incluir a terceira rodada de partilha do pré­-sal no calendário de licitações do ano. . O secretário-­executivo do MME destacou, ainda, que a série de leilões previstos pelo governo até 2017 no setor petrolífero deve render à União uma arrecadação potencial de R$ 24 bilhões.

Fonte: Valor Econômico

O sucesso das próximas rodadas de licitação de óleo e gás pode destravar investimentos de cerca de US$ 6 bilhões (R$ 18,6 bilhões) até 2019. Um estudo da Associação Brasileira das Empresas de Serviços de Petróleo (ABESPetro), em parceria com a consultoria Accenture, mostra que o aumento das atividades, sobretudo em exploração, pode ajudar a indústria petrolífera a recuperar, nos próximos três anos, os empregos perdidos no setor nos últimos anos.

 

Fonte: Valor Econômico

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) elevou suas estimativas para a produção de petróleo fora do grupo em 2017, com o aumento da atividade de exploração do xisto betuminoso nos Estados Unidos em resposta aos preços mais altos do petróleo, que vem ameaçando as tentativas da organização de equilibrar o mercado.

 

Fonte: Valor Econômico

A produção nacional de petróleo caiu 1,6% em janeiro, na comparação com dezembro, de acordo com a Agência Nacional do Petróleo (ANP). Ao todo, foram produzidos, em média, 2,687 milhões de barris diários no mês, o que representa crescimento de 14,2% em relação a janeiro de 2016. A produção de gás natural totalizou 109,9 milhões de metros cúbicos diários em janeiro, queda de 1,6% em relação a dezembro. Na comparação anual, houve aumento de 13,1%.

 

Fonte: Valor Econômico

Após meses de divergências internas, o governo definiu ontem as novas regras de conteúdo local nos próximos leilões de petróleo e gás. As exigências de nacionalização dos bens e serviços usados pelo setor foram reduzidas praticamente à metade quando comparadas às atuais, adotadas pelo governo Dilma Rousseff.

 

Fonte: Valor Econômico
 

A Galp deve participar de pelo menos um leilão de áreas de petróleo no Brasil este ano. A empresa planeja ficar com a área adjacente ao bloco BM­S­8, onde foi descoberto campo de Carcará, na Bacia de Santos, que passou a ser operado pela Statoil.

 

Fonte: Valor Econômico

Após dois anos de intensa recessão na indústria de petróleo e gás mundial, as petroleiras deverão aumentar em 7% o total de investimento mundial neste ano, ante as quedas nos desembolsos de 27%, em 2016, e 21%, em 2015, de acordo com estimativas da consultoria Deloitte.

 

Fonte: Valor Econômico

Puxada pelos projetos do pré-sal, a produção nacional de petróleo cresceu 2,9% em 2016, segundo dados divulgados ontem pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Ao todo, foram produzidos, em média, 2,509 milhões de barris diários no ano passado, patamar recorde registrado no país.

 

Fonte: Valor Econômico

A Petrobras registrou queda nas reservas de petróleo pelo segundo ano consecutivo. A companhia informou ontem que, de acordo com o critério ANP/SPE (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis / Society of Petroleum Engineers), as reservas provadas de óleo e gás natural equivalentes atingiram 12,514 bilhões de barris em 31 de dezembro do ano passado, 5,7% inferior aos 13,279 bilhões de 31 dezembro de 2015.

 

Fonte: O Globo