LeftRight

Tag : Cemig


Depois de muita resistência, o conselho de administração da estatal mineira Cemig aprovou ontem a venda da totalidade da sua participação na carioca Light, em mais um passo para reduzir o endividamento. A notícia deve ter recepção positiva no mercado, tanto para a Cemig quanto para a Light ­ que ganhará a possibilidade de ter um controlador capitalizado para fazer os investimentos necessários.

 

Fonte: Valor Econômico

Enquanto os papéis preferenciais da Cemig lideraram os ganhos do Ibovespa no pregão de sexta­-feira, as ações da Light ­ controlada da estatal mineira ­ recuaram mais de 6%, depois que a companhia revelou seu complicado plano para evitar a estatização da distribuidora carioca.

 

Fonte: Valor Econômico

Dois anos depois de ter anunciado um plano de desinvestimentos, a Cemig deu um passo além ontem, ao detalhar a estratégia para reduzir seu endividamento e quais os ativos que pretende se desfazer. A expectativa é de levantar de R$ 3 bilhões a R$ 3,5 bilhões até o primeiro semestre do ano que vem.

 

Fonte: Valor Econômico

A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou ontem a redução média de 10,66% das tarifas da Cemig­ D pelo calendário de reajustes tarifários anuais de 2017. O corte no custo da energia elétrica fornecida pela distribuidora mineira valerá a partir de domingo para 8,2 milhões de unidades consumidoras de 774 municípios de Minas Gerais.

 

Fonte: Valor Econômico

A Cemig, que está se movimentando para tentar recomprar quatro usinas hidrelétricas em um leilão ­ até ontem, pelo menos ­ previsto para setembro, deve ser fortemente pressionada pelas incertezas enfrentadas no mercado financeiro. O problema da estatal mineira não é a exposição ao câmbio, mas a necessidade de rolagem de uma dívida considerável no curtíssimo prazo.

 

Fonte: Valor Econômico


A estatal elétrica mineira Cemig está determinada a recuperar a concessão das quatro hidrelétricas cujos contratos venceram e serão relicitadas no segundo semestre. O Valor apurou que a companhia está negociando com investidores canadenses a possibilidade de formação de consórcio para disputar a concessão das quatro usinas.

 

Fonte: Valor Eonômico

A elétrica mineira Cemig teve lucro líquido de R$ 342,7 milhões no primeiro trimestre, quase 70 vezes maior em relação a igual período de 2016, impulsionada principalmente por ganhos com vendas de energia no mercado spot.

 

Fonte: DCI

A oferta subsequente de ações da Light não foi cancelada, mas suspensa até que a Cemig, controladora da companhia, reavalie sua estratégia futura quanto à participação na empresa carioca. “A oferta foi paralisada para que possamos definir estrategicamente qual nosso caminho na participação na Light”, disse ontem Adézio de Lima, diretor financeiro e de relações com investidores da Cemig, durante teleconferência dos resultados do primeiro trimestre.

 

Fonte: Valor Econômico

O leilão das quatro hidrelétricas da Cemig, com contratos vencidos ou prestes a vencer, renderá uma arrecadação adicional de R$ 1,5 bilhão neste ano que não era considerada inicialmente pelo Tesouro. O valor decorre da indenização devida à companhia mineira, que será quitada somente em 2018.

 

Fone: Valor Econômico

O endividamento elevado continua sendo o principal desafio da Cemig para este ano. A dívida consolidada da estatal mineira atingiu R$ 15,2 bilhões ao fim de 2016, com o cronograma de amortizações com prazo médio de 2,8 anos. Segundo a empresa grande parte da sua dívida vence no curto prazo devido às condições de mercado dos últimos anos, que se mostraram mais restritas.

 

Fonte: Valor Econômico

A estatal mineira pretende concluir as principais operações de vendas de ativos até outubro. Entre os ativos prioritários para a venda estão a participação na hidrelétrica de Santo Antonio, no rio Madeira (RO), a Cemig Telecom, linhas de transmissão (que serão transferidas para a Taesa) e a Gasmig (cujo modelo de venda ainda está sendo desenhado).

Fonte: Valor Econômico

As negociações para a venda da hidrelétrica de Santo Antonio, no rio Madeira (RO), para o grupo chinês State Power Investment Corporation (SPIC) estão emperradas. Segundo fontes próximas da operação, Cemig e Andrade Gutierrez discordaram dos valores e das condições propostas e deixaram a mesa de negociações.

 

Fonte: Valor Econômico

O governo federal deve realizar até 30 de setembro um leilão para oferecer a investidores as concessões de hidrelétricas já em operação. A estimativa é arrecadar até R$ 12 bilhões por meio da cobrança de bônus de outorga. O governo conta com os recursos para cumprir a meta fiscal deste ano, de déficit de R$ 139 bilhões.

 

Fonte: O Globo

Tudo indica que a Cemig conseguiu encontrar uma solução para manter seu poder de controle sobre a Light, mas sem estatizá-­la, ao mesmo tempo em que deixa o caminho aberto para a saída aos sócios financeiros da distribuidora ­ os bancos BTG, BB, Santander e Votorantim.

 

Fonte: Valor Econômico

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) derrubou outras duas liminares da Cemig, preparando o terreno para que o governo faça até o fim do ano o leilão de relicitação das hidrelétricas da companhia que tiveram as concessões extintas. Ela devem resultar em R$ 10 bilhões para a União. O montante é fundamental para as contas fiscais do governo em 2017.

 

Fonte: Valor Econômico