LeftRight

Tag : Brasil


Neste momento em que o Brasil tenta ser mais atrativo para os investidores, o Congresso debate cerca de 20 propostas de revisões da lei de licenciamento ambiental, aparentemente para tornar o processo menos burocrático e mais previsível. Infelizmente, as propostas em discussão não são suscetíveis de alcançar tais objetivos, como explicado em dois estudos recentes elaborados pelo grupo Banco Mundial. Ambos mostram que as principais deficiências do processo estão na seleção e preparação de projetos, com grandes lacunas no planejamento setorial e no monitoramento de seus impactos e condicionantes.

 

Fonte: Folha de S. Paulo

O Brasil é o segundo maior mercado da indústria marítima norueguesa e, de Oslo, as empresas do setor acompanham atentamente o noticiário brasileiro que mostra instabilidade política e regulatória. O presidente da Associação Norueguesa de Armadores, Sturla Henriksen, lembrou que o Brasil é o principal mercado dos armadores noruegueses fora do Mar do Norte e disse ver de forma “encorajadora” o fim do monopólio da Petrobras como operadora do pré­sal e a flexibilização do conteúdo local.

 

Fonte: Valor Econômico

Anunciado há dois anos, durante visita do presidente da China, Xi Jinping, ao Brasil, o fundo binacional
para financiar empreendimentos no Brasil começa a funcionar em 1.º de junho, disse ao Estado o secretário de Assuntos Internacionais do Ministério do Planejamento, Jorge Arbache. Mas, em vez dos US$ 50 bilhões prometidos à época, o valor inicial será de US$ 20 bilhões, a serem aportados na proporção de um dólar do Brasil para cada três da China.

 

Fonte: O Estado de S. Paulo

O Plenário aprovou ontem o Projeto de Decreto Legislativo (PDS) 36/2017, que ratifica o Acordo de Cooperação e Facilitação de Investimentos (ACFI) entre Brasil e Chile, assinado em Santiago, em 23 de novembro de 2015. O texto irá à promulgação.

 

Fonte: Jornal do Senado

Um dos maiores centros industriais do mundo e líder na Europa, a Alemanha busca aprofundar algumas parcerias, no rastro das ameaças protecionistas de Trump, e o Brasil é visto como um dos mercados de maior interesse pela indústria alemã.

 

Fonte: Valor Econômico

A Engie Brasil Energia divulgou nesta quarta-feira, 15 de fevereiro, que contratou o banco Morgan Stanley para prestar assessoria financeira em uma sondagem de mercado, não vinculante, visando identificar compradores para suas térmicas a carvão no país. A empresa opera o complexo termelétrico Jorge Lacerda, com 857 MW de capacidade, em Santa Catarina; e está construindo a usina Pampa Sul, em Candiota (RS), que terá 340 MW. As obras da térmica atingiram 40% de conclusão e a operação está prevista para o final de 2018.

 

Fonte: Canal Energia

Uma delegação do governo boliviano virá ao Brasil esta semana para discutir o projeto hidrelétrico binacional de Guajará­Mirim, de 3 mil megawatts (MW) de capacidade instalada, no rio Madeira, na fronteira entre os dois países. O empreendimento tem investimento estimado em R$ 15 bilhões. O assunto está previsto para ser tratado amanhã, durante reunião com integrantes do Ministério de Minas e Energia, em Brasília.

 

Fonte: Valor Econômico

Depois de cinco anos, a estatal colombiana Interconexión Eléctrica (ISA) voltou a investir no segmento de transmissão de energia no Brasil, acreditando no compromisso do governo de pagar as indenizações bilionárias devidas à Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista (Cteep), da qual o grupo é controlador.

 

Fonte: Valor Econômico

A recuperação do preço do petróleo está estimulando empresas estrangeiras a voltarem a investir em exploração no Brasil. Sem perfurar poços no país desde 2014, quando os preços da commodity começaram a cair, a francesa Total e a norueguesa Statoil anunciaram planos de voltar a explorar o mar brasileiro.

 

Fonte: Valor Econômico

O consórcio Energia Sustentável do Brasil (ESBR), responsável pela hidrelétrica de Jirau, e a Eletrobras assinarão hoje memorando de entendimentos para a formalização de um futuro acordo de cooperação para o desenvolvimento de estudos do projeto hidrelétrico binacional de Guajará-Mirim, de 3 mil megawatts (MW) de capacidade, na fronteira do Brasil com a Bolívia. O projeto tem investimento estimado em R$ 15 bilhões.

 

Fonte: Valor Econômico

O ministro interino do Planejamento, Dyogo Oliveira, disse nesta quinta-feira que bombeiros e policiais militares tiveram de ser retirados da proposta do governo para mudança da Previdência Social – dois dias depois do envio à Câmara – por haver previsão Constitucional diferenciada para eles. Segundo ele, a regulamentação dos setores já é feita em lei distinta dos demais servidores.


Os investimentos chineses confirmados no Brasil somaram no ano passado US$ 7,45 bilhões, valor quatro vezes maior que em 2014 (US$ 1,73 bilhão), segundo levantamento do Conselho Empresarial Brasil-China (CEBC) que será divulgado hoje. Os investimentos confirmados em 2015 foram os maiores em termos anuais desde 2012, quando o valor alcançou US$ 3,45 bilhões. Em 2008, os investimentos atingiram US$ 8,03 bilhões.

 

Fonte: Valor Econômico

A consolidação entre os transportadores de contêineres Hamburg Süd e Maersk Line, se levada a cabo, criará uma superconcentração na navegação brasileira – tanto nas linhas domésticas (cabotagem) quanto nas de longo curso. Na cabotagem o impacto é maior: a Aliança, da Hamburg Süd, e a Mercosul Line, do grupo Maersk, têm juntas 80% da capacidade total do mercado em Teus (contêiner padrão de 20 pés). O restante está nas mãos da Log-In.

 

Fonte: Valor Econômico

José Maria Álvarez-Pallete, presidente executivo do grupo Telefónica, veio ao Brasil para a troca de bastão da gestão local. Eduardo Navarro assume o país com um orçamento de R$ 24 bilhões para os próximos três anos, segundo contou Pallete ao Valor, em sua primeira entrevista exclusiva desde que assumiu a liderança executiva do grupo, em abril deste ano.

 

Fonte: Valor Econômico