Notícias do Dia – 12/04/2024

129

EPR leva BR-040 e diz ter espaço para crescer

A EPR (formada por Equipav e Perfin) venceu o leilão da BR-040, entre Belo Horizonte e Juiz de Fora (MG), realizado na quinta-feira (11). O grupo fez uma proposta de 11,21% de desconto sobre a tarifa de pedágio máxima prevista no edital. Com isso, superou com folga seus concorrentes na disputa: a CCR ofereceu apenas 1% de deságio, e o consórcio Vetor Norte, formado por construtoras de médio porte, que propôs 0% de desconto na licitação. No leilão, um quarto consórcio, liderado pela Azevedo & Travassos, chegou a entregar oferta, porém, não foi habilitado por apresentar problemas na garantia da proposta, que estavam em desconformidade com as regras do edital, segundo a comissão da licitação. 

Valor Econômico

 

MP ajuda nas tarifas de curto prazo, diz diretor da Aneel

O diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Sandoval Feitosa, disse nesta quinta-feira (11) que a Medida Provisória 1.212, em vigor desde a véspera, veio atender a um cenário de curto prazo, “urgente”. Ele se referiu a reajustes tarifários mais elevados a serem analisados pela Aneel nos próximos meses. A proposta, disse, vai ajudar a destravar o reajuste médio de 34% nas tarifas do Amapá, suspenso em março à espera da MP. A medida antecipa, via bancos, o recebimento de recursos da Eletrobras que foram firmados na privatização da companhia.

Valor Econômico

 

Governo prepara plano nacional de ferrovias de R$ 20 bilhões

O governo federal deverá lançar neste semestre um plano nacional de ferrovias de cerca de R$ 20 bilhões, afirmou o ministro dos Transportes, Renan Filho, na quinta-feira (11), após o leilão de concessão da BR-040, realizado na sede da B3, em São Paulo. Os recursos virão principalmente das renegociações com as operadoras ferroviárias Vale, Rumo e MRS, pelas renovações antecipadas firmadas pelas empresas no governo passado. “Foram renovações que subestimaram o valor dos ativos. Agora, estamos recuperando dinheiro ao país”, disse o ministro. O acordo com a Vale – que deverá ser o mais volumoso – está perto de sair. “Estamos muito próximos de um acordo, já tem proposta formal.”

Valor Econômico

 

Grupo Edson Queiroz busca expansão no setor de infraestrutura no país

O grupo Edson Queiroz estuda desenvolver uma plataforma de energia, que poderá ir além do gás natural e incluir outras fontes, segundo o presidente da companhia, Carlos Rotella. “Estamos abertos a isso, estamos prospectando. Na prática pode ser qualquer tipo de energia, seja renovável ou não”, disse o executivo, em conversa com o Valor. O conglomerado, sediado no Ceará, é formado por negócios de segmentos variados: a Nacional Gás (de gás liquefeito de petróleo), a Esmaltec (de linha branca), a Minalba (de bebidas) e a Verdes Mares (de rádio e TV). Hoje, a companhia estuda entrar em novos setores, mas sempre adjacentes às áreas em que já atua.

Valor Econômico

 

DNV analisa potencial da eólica offshore no país

No ano em que completa meio século de operações no Brasil, o grupo de consultoria e certificação norueguês DNV vê o país como um mercado estratégico a médio e longo prazos. As operações brasileiras estão concentradas na área de óleo e gás, mas a companhia vê potencial na futura geração de energia eólica em alto mar, ainda pendente de regulação. A pedido do Banco Mundial, a empresa começou, no ano passado, uma análise sobre os cenários da indústria de energia eólica offshore no Brasil. A iniciativa faz parte do Programa de Desenvolvimento Eólico Offshore do Grupo Banco Mundial, com apoio do Programa de Assistência à Gestão do Setor Energético (ESMAP) e da Corporação Financeira Internacional (IFC).

Valor Econômico

 

Com R$ 1,5 bilhão em investimentos, CCR começa obras na Serra das Araras

A operadora de concessões de infraestrutura CCR começará nesta sexta-feira as obras da nova subida da Serra das Araras, em Piraí (RJ), no lado fluminense da Rodovia Presidente Dutra. O novo trecho, com quatro pistas e 8 quilômetros de extensão, majoritariamente sobre pontes e viadutos, deverá ficar pronto em 2028. São R$ 1,5 bilhão em investimentos, incluindo a reforma da atual pista de subida, que será convertida em descida da serra. As obras, que deverão gerar 5 mil empregos, começarão com a licença ambiental concedida pelo Inea, órgão estadual de regulação e fiscalização do meio ambiente do Rio.

O Globo

 

Governo e Petrobras dizem que vão recorrer de decisão que suspendeu presidente de conselho da estatal

O Ministério de Minas e Energia (MME) informou nesta quinta-feira que a União vai entrar com um recurso contra a suspensão do conselheiro Pietro Adamo Sampaio Mendes, presidente do Conselho de Administração da Petrobras. A estatal também divulgou nota afirmando que recorrerá da decisão da Justiça Federal. A decisão de suspender Mendes — que foi nomeado pelo ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira — foi tomada pelo juízo da 21ª Vara Cível Federal de São Paulo.

O Globo

 

No 1º evento após críticas do ministro de Minas e Energia, Prates defende exploração na Margem Equatorial e ignora crise

No primeiro evento público desde o início dos rumores de que poderia ser substituído, Jean Paul Prates, presidente da Petrobras, defendeu a margem equatorial e falou dos planos para a área internacional. O executivo, no entanto, não falou sobre a crise recente da distribuição dos dividendos extras da estatal e das críticas do Ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira. Ele participou de evento organizado pela Associação Brasileira das Empresas de Bens e Serviços de Petróleo (Abespetro), que lançou o Caderno 2024, que projeta quase 1 milhão de empregos no setor até 2029.

O Globo

 

Light fecha acordo com credores que somam quase metade da dívida

A Light alcançou um acordo com um comitê de credores da Light Sesa, a distribuidora da companhia. Ele integra o grupo que detém títulos equivalentes a R$ 5 bilhões do total de R$ 11 bilhões em dívida, afirmam fontes. Após reunião realizada ontem, ficou acertado que credores da Light terão direito a um bônus de subscrição na conversão de seus créditos em novas ações da companhia, que soltou fato relevante na noite desta quinta-feira. A condição será oferecida a todos os credores que optarem por essa conversão prevista no plano de recuperação judicial, com um bônus para cada duas ações convertidas. Pela segunda versão do plano da Light, apresentado em fevereiro, essa bonificação valia apenas para os acionistas.

O Globo

 

Governo espera leiloar Rodovia da Morte, em Minas Gerais, no segundo semestre

O ministro de Transportes, Renan Filho, disse que, na próxima semana, o Tribunal de Contas da União (TCU) deve dar o aval para dois novos leilões — o trecho da BR-040 que conecta Belo Horizonte (MG) a Cristalina (DF) e o da BR-381 (conhecida como a Rodovia da Morte), que liga Belo Horizonte a Governador Valadares. Caso a expectativa se concretize, as rodovias devem ser leiloadas em agosto ou setembro. — Essa semana ou na próxima o TCU aprova as alterações que fizemos no projeto (da BR-381). 

O Globo

 

Consórcio liderado pela EPR vence leilão de relicitação da rodovia BR-040 entre Belo Horizonte e Juiz de Fora

O consórcio Infraestrutura MG foi o vencedor do leilão de relicitação do trecho entre Belo Horizonte (MG) e Juiz de Fora (MG) da BR-040, realizado na sede da B3, em São Paulo, nesta quinta-feira. A empresa apresentou o maior desconto para o pedágio, de 11,21% em relação à tarifa base. O consórcio é controlado pela EPR, plataforma de investimentos em concessões de rodovias e mobilidade. Fazem parte da EPR a Equipav, que atua no setor de infraestrutura, e a Perfin, gestora de fundos de investimento em infraestrutura. 

O Globo

 

MP que baixa preço de conta de luz é agenda de curto prazo, diz Aneel

O diretor geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Sandoval Feitosa, afirmou que a medida provisória assinada pelo presidente Lula nesta semana reduz os preços da energia elétrica através da antecipação de recursos da Eletrobras, mas, por outro lado, amplia os subsídios para as energias renováveis. Segundo Feitosa, a MP não é a solução para o setor e representa “uma agenda de curto prazo” para lidar com um problema de médio e longo prazos. Ele participa do Fórum Brasileiro de Líderes em Energia, que acontece nesta quinta-feira em Copacabana, na Zona Sul do Rio de Janeiro.

O Globo

 

Relicitação da BR-040, em Minas, tem deságio de 11,21% sobre o pedágio; investimento supera R$ 8 bi

A empresa EPR (formada por Equipav e Perfin) venceu o leilão de um trecho de 232 km da BR-040, que liga Belo Horizonte a Juiz de Fora, em Minas Gerais. A disputa envolveu três grupos: CCR, EPR e o consórcio Vetor Norte, formado por empreiteiras menores e lideradas pela Infratec Engenharia. O grupo arrematou a rodovia com uma proposta de 11,21% de desconto sobre a tarifa básica de pedágio, inicialmente fixada em R$ 13,91. A CCR ofereceu desconto de 1% e o consórcio Vetor Norte não ofereceu desconto, manteve o valor inicial.

O Estado de S.Paulo

 

Facilidade em mudança no arcabouço fiscal gera temor de novos dribles

A facilidade com que o governo Luiz Inácio Lula da Silva (PT) conseguiu alterar o arcabouço para antecipar a ampliação dos gastos em 2024 surpreendeu economistas, arranhou a credibilidade da política fiscal e acendeu um alerta para o risco de novas mudanças na regra. A rapidez da articulação, feita sem alarde e descoberta apenas após a aprovação do texto pelo plenário da Câmara, deflagrou o temor de que o roteiro se repita no futuro, quando o Executivo enfrentará novos obstáculos ao seu desejo de elevar despesas.

Folha de S.Paulo

 

‘Rodovia da Morte’ deve ter novo leilão até setembro, diz ministro

Após a tentativa fracassada de leilão em 2023, o governo federal pretende conceder a chamada “Rodovia da Morte”, trecho da BR-381 entre Belo Horizonte e Governador Valadares (MG), em agosto ou setembro deste ano, disse o ministro dos Transportes, Renan Filho, nesta quinta-feira (11). Atualmente, o projeto está em análise no TCU (Tribunal de Contas da União), após o governo fazer alterações no contrato de concessão para tornar o trecho mais atrativo.

Folha de S.Paulo

 

Eletronuclear negocia empréstimo de R$ 800 mi com acionistas para renovar licença de Angra 1

A Eletronuclear está negociando um empréstimo-ponte de cerca de R$ 800 milhões com seus acionistas ENBPar e Eletrobras para pagar investimentos que estão sendo realizados na usina Angra 1 neste ano, como parte do processo de prorrogação da licença de operação do empreendimento, disse à Reuters o presidente da empresa nuclear. A companhia busca recursos junto a seus acionistas porque não teria condições de tomar ela própria montantes volumosos nos bancos, já que enfrenta um desequilíbrio de caixa nos últimos anos, quando também deixou de ter a Eletrobras como acionista majoritária após a privatização da elétrica.

Folha de S.Paulo

 

Em recuperação judicial, Light assina acordo com bancos credores e debenturistas

Em recuperação judicial, a Light Holding, que faz parte do Grupo Light, fechou acordo nesta quinta-feira (11) com os bancos credores e debenturistas para acertar as condições de pagamento de suas dívidas bilionárias, disseram à Folha pessoas a par das negociações. Os termos serão submetidos à assembleia de credores da Light que ocorrerá no dia 25 de abril. No acerto com os bancos, estão Bradesco, Itaú, Santander e Citi, que detêm juntos R$ 800 milhões em dívidas da geradora de energia da Light. O valor representa 44% do total dos débitos da companhia.

Folha de S.Paulo

 

EPR vence leilão da BR-040, a primeira relicitação de rodovia da história

A EPR (parceria entre Equipav e Perfin) saiu vencedora do leilão do trecho da BR-040 entre Juiz de Fora (MG) e Belo Horizonte. O grupo participou com o nome de Consórcio Infraestrutura MG e ofereceu um desconto de 11,21% na tarifa básica de pedágio, superando as ofertas feitas pela CCR e pelo consórcio Vetor Norte. O consórcio Azevedo & Travassos chegou a apresentar propostas na semana anterior, mas foi inabilitado. O número de interessados na rodovia foi o maior dos últimos anos, motivo de comemoração pelo ministro dos Transportes, Renan Filho.

Folha de S.Paulo