Notícias do Dia – 03/04/2024

117

ABDIB NA IMPRENSA: O otimismo do setor brasileiro de infraestrutura

Os players do setor de infraestrutura do Brasil estão otimistas quanto às perspectivas para os próximos anos, graças ao crescente número de projetos em estruturação e à maior variedade de fontes de financiamento. Roberto Guimarães, diretor de planejamento e economia da Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústrias de Base (Abdib) e ex-secretário do Tesouro Nacional, conversou com o BNamericas sobre o cenário.

Confira entrevista clicando abaixo

bnamericas

 

Antes de medida extrema, Enel está sujeita a sanções

Serviços de energia elétrica prestados de forma inadequada ou ineficiente podem levar a Aneel a aplicar multa de até 2% da receita operacional líquida e, em casos extremos, levar a processo administrativo que pode resultar em antecipação do término do contrato de concessão, a chamada caducidade, o que é considerada uma medida extrema, num processo administrativo que pode levar mais de um ano e com decisão questionada judicialmente. Antes disso outras penalidades poderiam ser aplicadas, como estabelecimento de obrigação de fazer [cumprir determinação], suspensão temporária do controlador para participar de licitações e intervenção pela Aneel.

Valor Econômico

 

Investimentos da Enel em SP caem mais de 16% em 2023, e qualidade do serviço piora

Os investimentos da Enel em sua área de concessão em São Paulo, que abrange 24 municípios da região Metropolitana, incluindo a capital, diminuíram 16,14% em 2023. O valor investido caiu de R$ 1,95 bilhão em 2022 para R$ 1,64 bilhão em 2023. Ao passo que os aportes reduziram, neste mesmo período, a base de clientes da companhia aumentou em 168,2 mil unidades consumidoras, segundo informações da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), passando de 7,59 milhões de clientes para 7,76 milhões.

Valor Econômico

 

Cotada para ser acionista de referência da Sabesp, Votorantim olha para negócios em saúde e infraestrutura

O grupo Votorantim entrou no setor farmacêutico em 2023, com a compra de 5% de participação na Hypera, e vê espaço para novos investimentos na área de saúde. “Como investidores, estamos olhando para saúde de forma ampla”, afirma o presidente da companhia, João Schmidt. O executivo afirma que novas oportunidades devem surgir ao longo do tempo. “É um setor que vai ter consolidação”. Infraestrutura é outra área que interessa ao grupo, formado atualmente por 12 negócios. A Votorantim está entre as cotadas para ser acionista de referência da Sabesp, quando o governo de São Paulo fizer a oferta pública subsequente de ações (“follow-on”), esperada para julho.

Valor Econômico

 

Cedae eleva lucro e reduz despesa em 2023

A Cedae, estatal fluminense responsável pela captação e tratamento de água que no Estado do Rio, manteve em 2023 a disciplina na administração das despesas, com reduções em rubricas importantes como pessoal e serviços de terceiros, enquanto os resultados operacionais avançaram, embora ainda em terreno negativo. Para 2024, a expectativa é de continuidade no controle de custos, com geração de resultado operacional positivo. A empresa fechou 2023 com lucro líquido de R$ 421 milhões, bem acima do ganho de R$ 1,082 milhão registrado um ano antes.

Valor Econômico

 

Transpetro inaugura usina solar em São Paulo

A Transpetro inicia nesta quarta-feira (3) o processo de descarbonização de suas operações, ao inaugurar uma usina solar que vai abastecer com eletricidade as operações do terminal da companhia em Guarulhos. A central da subsidiária de logística da Petrobras terá 2 megawatts (MW) de capacidade instalada, o que representa a demanda de aproximadamente 600 residências, e funcionará na modalidade minigeração distribuída, que permite o uso de créditos nas contas de luz da companhia quando a geração exceder o consumo do terminal. A energia alimentará as operações dos dutos de entrega de derivados para as distribuidoras de combustíveis e de querosene de aviação para o aeroporto internacional, entre outras atividades. A expectativa é que a empresa tenha economia de 84% nos custos com energia do terminal de Guarulhos.

Valor Econômico

 

Governo prevê prorrogar subsídios em MP para reduzir conta de luz

O Ministério de Minas e Energia decidiu acrescentar na mesma medida provisória (MP) que pretende garantir a redução de até 4% na conta de luz também prevê a extensão de subsídios que acabam impactando diretamente as tarifas de energia e são pagos pelos consumidores. A minuta da MP, em avaliação na Casa Civil, estende por 36 meses o prazo para que projetos de geração de energia renovável com subsídios do governo entrem em operação no país.

O Globo

 

‘Aneel não tem condições de fiscalizar e acompanhar o setor elétrico como um todo’, afirma diretor da agência

O diretor da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) Ricardo Tili afirmou que o órgão não tem mais capacidade de fiscalizar o setor elétrico como um todo. Durante reunião da diretoria da Aneel, nesta terça-feira, Tili disse que a saída para melhorar os serviços prestados ao consumidor é contar com a parceria das agências estaduais. — Chegamos num ponto que é irreversível. A agência não tem condições de fiscalizar e acompanhar o setor elétrico brasileiro como um todo. A Aneel tem um quadro de pessoal pensado há 25 anos, que foi estruturado para atender um setor elétrico que era muito menor do que é hoje. Temos um quadro de quadro de servidores com um déficit enorme, para uma demanda de 25 anos atrás — afirmou.

O Globo

 

Transpetro inaugura primeira usina solar e vai abastecer 100% de terminal da Petrobras em Guarulhos

A Transpetro vai economizar R$ 1,8 milhão por ano na conta de energia do Terminal de Guarulhos, em São Paulo, com a entrada em operação esta semana da primeira usina solar fotovoltaica. O empreendimento será capaz de abastecer 100% uma unidade industrial do Sistema Petrobras. Com investimentos de R$ 12 milhões, o projeto é o primeiro de um plano maior de transição energética e descarbonização de todas as áreas de negócio da subsidiária de transporte da estatal, disse ao Estadão/Broadcast o diretor de Dutos e Terminais da Transpetro, Márcio Guimarães.

O Estado de S.Paulo

 

Eletrobras estuda alternativas para viabilizar saída da Emae

A Eletrobras estuda alternativas que possam permitir seu desembarque da Empresa Metropolitana de Águas e Energia (Emae), estatal paulista que será privatizada em leilão marcado para o dia 19. A companhia segue considerando sair do quadro de acionistas, mesmo após a tentativa frustrada de negociar com o governo paulista a inclusão de sua participação no pacote de venda no leilão. Agora a ideia é se aproximar dos potenciais interessados no ativo, de forma a deixar clara a visão que a empresa tem para a companhia privatizada.

O Estado de S.Paulo

 

Lula: ‘Estamos tentando recuperar Petrobras; não tiveram coragem de privatizar e venderam os ativos’

 O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou há pouco que seu governo busca recuperar a Petrobras após o que chamou de tentativa de desmonte pelo governo de Jair Bolsonaro. Segundo Lula, em algumas frentes de negócio vendidas ou paralisadas pelas gestões anteriores da estatal, o governo tenta “começar tudo de novo”. Lula fez as afirmações em evento de lançamento das obras de dragagem de um canal no Porto de Niterói, na região metropolitana do Rio. Em discurso de meia hora para trabalhadores locais e para o funcionalismo da cidade, Lula prometeu reativar estaleiros e voltar a construir embarcações no País, a exemplo do que aconteceu a partir de 2003, quando chegou à Presidência pela primeira vez.

O Estado de S.Paulo

 

Aneel não tem condição de fiscalizar setor elétrico como um todo, diz diretor da agência reguladora

O diretor da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) Ricardo Tilli afirmou nesta terça-feira, durante reunião da diretoria, que a agência não tem condições de fiscalizar o setor elétrico como todo. “A Aneel tem quadro de funcionários pensado para 25 anos atrás, que foi estruturado para atender um setor elétrico muito menor do que é hoje”, disse. A fala foi feita durante a discussão que aprovou a abertura de consulta pública sobre a descentralização dos serviços de fiscalização. O objetivo é definir as delegações de competências da Aneel aos Estados e ao Distrito Federal para atividades em regime de gestão associada de serviços públicos.

O Estado de S.Paulo

 

Transpetro inaugura usina solar para abastecer todo seu terminal de Guarulhos

A Transpetro, subsidiária da Petrobras para a área de transportes, inaugura nesta quarta-feira (3) uma usina solar fotovoltaica com capacidade máxima de 2,8 MW (megawatts) para abastecer todo o seu terminal de Guarulhos (SP). A instalação dos painéis solares inicia o projeto da empresa de prover energia renovável para seus terminais. A usina produzirá energia suficiente para atender as bombas dos dutos de entrega de combustíveis para as distribuidoras e de querosene de aviação para o aeroporto de Guarulhos.

Folha de S.Paulo

 

Francesa GreenYellow vai investir R$ 400 milhões em geração renovável no Brasil

A francesa GreenYellow anunciou nesta terça-feira (2) que vai investir R$ 400 milhões neste ano em projetos de geração renovável e soluções de energia no Brasil e que está diversificando sua atuação no país com um braço dedicado a demandas energéticas do setor de mineração. Especializada em geração solar e eficiência energética, a empresa do fundo de private equity Ardian prevê avançar no desenvolvimento de sua carteira de geração distribuída solar, que chegou a 144,8 megawatts-pico (MWp) em usinas operacionais em 2023.

Folha de S.Paulo

 

Segunda rodada de leilão de portos prevê R$ 2,5 bilhões em investimentos

O segundo bloco de portos e terminais a serem concedidos pelo governo federal preveem R$ 2,5 bilhões em investimentos e estão previstos para serem leiloados na B3 em setembro. Na lista do Ministério de Portos e Aeroportos e da Antaq (Agência Nacional de Transportes Aquaviários) constam cinco unidades portuárias localizadas em Itaguaí/RJ (para granel mineral), Vila do Conde/PA (granel mineral fertilizantes), Fortaleza/CE (contêineres) e duas em Santana/AP (granel vegetal).

Folha de S.Paulo

 

Sabesp analisará expansão para outros estados, diz presidente da companhia

A Sabesp vai analisar a expansão para outros estados conforme o avanço das metas de universalização do acesso à água e ao esgoto em São Paulo. A companhia está em processo de privatização. “Eu acho que isso [atuar em outros estados] é natural para uma empresa do porte da Sabesp, com a capacidade de geração de caixa que a gente tem, com a competência técnica que foi construída ao longo do tempo”, afirmou o diretor-presidente da Sabesp, André Gustavo Salcedo, nesta terça-feira (2).

Folha de S.Paulo

 

Privatização da Sabesp deve gerar pelo menos R$ 15 bilhões, estima Bradesco

A oferta de ações que vai tirar do governo de São Paulo o controle da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico de SP) deve sair em junho e girar em torno de R$ 15 bilhões —pouco mais de quatro vezes o lucro da companhia em 2023, de R$ 3,5 bilhões—, segundo estimativas do Bradesco. A empresa paulista de saneamento prepara um follow-on para que o governo venda entre 15% e 30% das ações da companhia. Hoje o estado detém 50,3% dos papéis da empresa.

Folha de S.Paulo