Governo do Paraná quer se tornar o maior hub logístico da América do Sul

162

 O Governo do Estado do Paraná busca investidores para projetos de infraestrutura logística, com investimentos na ordem de R$ 61,5 bilhões. O objetivo do governo é que a indústria paranaense seja a terceira maior do país, atualmente, o estado tem a quarta maior produção industrial do país. Parte do desenvolvimento industrial que vem ocorrendo no Paraná deve-se às cooperativas agrícolas, que estão se convertendo em organizações agroindustriais. O sistema rodoviário tem auxiliado no processo, o estado possui o maior pacote de concessões do país. Ao todo são 3.368 km de estradas federais e estaduais, que devem receber investimentos de R$ 50 bilhões, sendo a maior parte disso até 2030. Cerca de metade dos trechos serão duplicados, assim, 80% das estradas sob concessão terão duas pistas. As maiores rodovias fazem parte do chamado “Anel de Integração”, que interliga as principais cidades com a capital e o porto de Paranaguá. A primeira coisa que um empresário avalia sobre um negócio é a logística, afirmou Marco Aurélio Barcelos, diretor-presidente da Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias (ABCR). Barcelos declarou ainda, que os futuros leilões de concessão devem ter concorrência, inclusive internacional, dada a estrutura do estado. Dos seis lotes do pacote de concessões, dois já foram leiloados. No que se refere às ferrovias, são esperados cerca de R$ 11,5 bilhões em investimentos para o trecho entre Cascavel (PR) e o porto de Paranaguá, segmento mais conhecido como a Nova Ferroeste. Segundo o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) o custo total pode superar R$ 35 bilhões. (Valor Econômico)a, na sequência, a Comissão de Licitação fará análise documental das empresas concorrentes. (ND+ )