Infraestrutura em Destaque

1217

Bolsa de Valores realiza Roadshow para apresentação do edital de concessão do Aeroporto de Jaguaruna (SC): No primeiro dia de dezembro, os organizadores da licitação de concessão do Aeroporto Regional Sul – Humberto Ghizzo Bortoluzzi, mais conhecido como Aeroporto de Jaguaruna, localizado em Santa Catarina, promovem um Roadshow na Bolsa de Valores (B3), em São Paulo (SP). O evento tem como objetivo apresentar o projeto de Parceria Público-Privada (PPP) a potenciais investidores, buscando ampliar a divulgação, competitividade e o alcance do maior número de interessados possível. Para participar do evento, é necessário realizar a inscrição previamente, por meio do formulário disponível no site da B3. A empresa que vencer a licitação será responsável pela exploração, manutenção e expansão do aeroporto, pelo prazo de 30 anos. Participam do processo a Secretaria de Portos, Aeroportos e Ferrovias (SPAF) e a Secretaria da Fazenda (SEF/SC). A abertura das propostas das empresas interessadas na concessão será está marcada para o dia 07 de fevereiro, às 14h, por meio de sessão pública, na sede da B3, no Centro de São Paulo (SP). Esta será a primeira PPP do estado de Santa Catarina. (Folha Regional)

Assinatura do contrato do Lote 1 de Pedágio do Paraná é adiada: A pedido do Consórcio Infraestrutura Brasil Holding XXI, do qual o Fundo Pátria faz parte, a assinatura do contrato do Lote 1 de Pedágio do Paraná foi adiada. O grupo Pátria, formalizou um pedido de prorrogação à Comissão de Outorga, que foi deferido e publicado no Diário Oficial da União. O consórcio tem até 28 de dezembro para comprovar o atendimento às condições prévias da assinatura do contrato de concessão. Em nota, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) informou que o procedimento de prorrogação está previsto no edital de leilão. No que se refere ao calendário de obras, a agência reguladora declarou que não haverá mudanças, pois as datas estipuladas no Programa de Exploração da Rodovia (PER) determinam o calendário a partir da assunção da concessionária. Inicialmente, o Governo do Estado do Paraná havia previsto a assinatura do contrato de concessão em 29 de dezembro deste ano. Ademais, o governo afirmou que o prazo poderia sofrer alteração. Com o deferimento do pedido, de acordo com a Secretaria de Estado de Infraestrutura (SEIL), a assinatura será efetuada no dia 26 de janeiro de 2024, junto com o contrato do lote 2, arrematado pelo Consórcio Infraestrutura PR, em setembro deste ano. A empresa assumirá a administração das rodovias um mês após o contrato ser assinado, já a cobrança do pedágio só começará quando as rodovias estiverem em perfeitas condições de rodagem. O contrato de concessão terá 30 anos de duração. (G1)