Concessão da BR-364 deverá ser avaliada pelo TCU ainda neste ano

117

O projeto de concessão da rodovia BR-364, segmento de Porto Velho (RO) até Vilhena (MT), deverá ser avaliado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) ainda este ano. O trecho é chamado de Rota Agro Norte, é uma das 12 concessões de rodovias que o Governo Federal anunciou para 2024. O vencedor do processo licitatório ficará responsável pela duplicação do trecho, durante os 30 anos de contrato com a taxa de retorno de 8,47%. A estimativa é de implantação de sete praças de pedágio, o que indica uma distância média de 100 quilômetros entre cada um deles. Ao todo, serão mais de R$ 4 bilhões investidos em aproximadamente 730 quilômetros de estradas. Deste modo, o Mistério de Transportes informou que encaminhará o edital para o TCU, assim, que o colegiado aprovar o projeto, será possivel iniciar o processo licitatório. “Estamos chamando este projeto de Rota Agro Norte. A BR-364 é um grande corredor de exportação, pelo Rio Madeira, uma hidrovia fundamental para o Brasil. Estamos concedendo toda a BR-364, desde Goiás. A estimativa é publicar o edital no primeiro semestre de 2024 e realizar o leilão no semestre seguinte”, afirmou o chefe da pasta, o ministro Renan Filho. O projeto foi estruturado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Neste momento, algumas rodovias já estão com editais aprovados no TCU, como é o caso da BR-040/MG, por exemplo, cujo edital o governo trabalha para publicar ainda neste ano, para a disputa acontecer no início de 2024. (Extra Rondônia)