Petrobras e árabes da Adnoc avançam por parceria na Braskem

308

A Petrobras e os árabes da estatal Adnoc avançaram nas negociações envolvendo a compra do controle da Braskem, hoje nas mãos da Novonor (ex-Odebrechet). Pessoas que participam das conversas afirmam que as duas estatais buscam uma joint-venture, destinando uma fatia minoritária (4%) para a Novonor (ex-Odebrecht). A Adnoc, que fez uma oferta com o fundo Apollo pelo 50% de participação da Novonor, resistia à permanência dos atuais controladores no negócio, mas considera a possibilidade como forma de agilizar um acordo.

Folha de S.Paulo