Falta de mão de obra e insumos ameaça investimento bilionário em rodovias

591

O investimento nas rodovias federais pode alcançar R$ 30 bilhões em 2023, somando o aporte do governo federal em obras públicas e recursos aplicados nas estradas concedidas à iniciativa privada. Com grande volume de obras, após período de estagnação causado pela desaceleração da economia e efeitos da pandemia, o setor monitora os riscos de gargalos com a falta de profissionais qualificados e escassez de insumos. Venilton Tadini, presidente da Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústrias de Base (Abdib), admitiu que o risco para o setor de rodovias já foi notado pela entidade, que fará workshop na sexta-feira (30) para discutir o problema com integrantes do governo e representantes da cadeia de fornecimento de bens e serviços.

Valor Econômico