Câmara debate PEC que limita crédito do BNDES ao exterior

571

Por pressão de deputados independentes e de oposição, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara começará a discutir na próxima semana proposta de emenda constitucional (PEC) que determina que os empréstimos dos bancos públicos controlados pela União precisarão do aval do Congresso quando envolverem operações fora do Brasil. A medida visa bloquear os financiamentos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) a obras e serviços no exterior, tema utilizado pela oposição para desgastar os governos do PT, mas causou preocupação na indústria pelo impacto nas exportações.

Ex-diretor do BNDES no governo Collor e atual presidente-executivo da Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústrias de Base (ABDIB), Venilton Tadini destaca que a PEC afetará a inserção internacional da economia brasileira e que os deputados “querem montar estrutura de controle que não faz sentido”. “O setor bancário já é ultra regulado e os bancos públicos federais ainda passam por fiscalização do Tribunal de Contas da União (TCU)”, disse. 

Valor Econômico