Investimento cresce 11% em infraestrutura puxado pelo setor privado

343

Em meio a um cenário que une crédito caro e sinalização de mudança de rumos na condução de políticas em energia e saneamento básico, a infraestrutura no país deverá receber R$ 204,6 bilhões em investimentos neste ano, uma alta nominal de 11,1% em comparação a 2022. Do total de recursos, 65% sairão da iniciativa privada. É o que indica a recém-concluída Carta de Infraestrutura 2023 elaborada pela Inter.B Consultoria Internacional de Negócios. Puxados por energia elétrica, transportes e saneamento básico, os aportes poderão representar 1,95% do Produto Interno Bruto (PIB), se o Ministério dos Transportes cumprir seu plano, ressalva a Inter B. 

Valor Econômico