Brasil não pode ter preconceito ao tratar de importação de energia da Venezuela, diz ministro

319

O ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, afirmou que o País não pode ter preconceito ao tratar da importação de energia elétrica da Venezuela para atender o Estado de Roraima, único do Brasil ainda não conectado ao Sistema Interligado Nacional (SIN). Aos senadores, ele afirmou que, pelo que era de seu conhecimento, a interrupção do fornecimento pelo país vizinho se deu “exclusivamente por questões ideológicas” durante o governo anterior, do presidente Jair Bolsonaro, por conta do rompimento diplomático entre os dois países.

O Estado de S.Paulo