‘Não cabe composição (política) em decisões técnicas’, diz presidente do Ibama sobre exploração de petróleo na Foz do Amazonas

232

O presidente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais (Ibama), Rodrigo Agostinho, afirmou nesta terça-feira, ao chegar no Ministério da Casa Civil para reunião sobre a exploração de petróleo na região da Foz do Rio Amazonas, que não cabe composição política em decisões técnicas. – Eu emito 3.000 licenças por ano, não tenho como ficar em cada licença chamando todas as partes, buscando uma composição, porque não cabe composição (política) em decisões que são técnicas. Muitas vezes a gente vai tomar decisões que vão agradar um grupo de pessoas, desagradar outro grupo de pessoas.

O Globo