Trecho Norte do Rodoanel de São Paulo vai a leilão

248

Amanhã (14), será realizado na Bolsa de Valores de São Paulo (B3) o leilão do Rodoanel Norte, do Estado de São Paulo. A expectativa é que o certame receba ao menos três concorrentes, de acordo com o secretário paulista de Parceria em Investimentos, Rafael Benini.

O projeto foi estruturado como uma Parceria Público Privada (PPP), em que o vencedor terá que concluir a construção do trecho e operar as vias durante 31 anos. Entre as empresas que poderão participar do leilão, estão cotadas: XP, Acciona, Starboard, Grupo CCR e a Arteris, onde as três primeiras são apontadas como as principais concorrentes.

O projeto estima cerca de R$ 3 bilhões para investimentos. O Governo do Estado de São Paulo se dispôs em arcar com aproximadamente R$ 2 bilhões do total. Contudo, o montante poderá ser menor, a depender do grau de concorrência. Como o vencedor do leilão será quem oferecer o maior desconto sobre o desembolso público, a expectativa é que o valor despendido pelo Estado seja reduzido.

Durante o processo, inicialmente será avaliado o deságio sobre as contraprestações anuais a serem pagas pelo governo, de até R$ 51 milhões. Caso se chegue a 100% de desconto nesta etapa, será considerado o maior desconto sobre o aporte público, que é no máximo R$ 1,43 bilhão.

O governo tenta viabilizar o Rodoanel Norte há mais de 10 anos, sendo que este é o trecho final para concluir o anel viário. As propostas serão entregues no mesmo dia em que a concorrência será realizada. (Valor Econômico)