BNDES ‘do passado’ ou ‘do futuro’? Veja diferenças nas visões de Lula e Mercadante sobre o banco

335

Em uma cerimônia de posse concorrida, com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, de dez ministros, presidentes de bancos públicos e estatais, representantes do Supremo Tribunal Federal (STF), político, empresários e até o cantor Chico Buarque, o ex-ministro Aloizio Mercadante assumiu o comando do banco de fomento com a promessa de se distanciar do BNDES do passado e discutir “o BNDES do futuro”. No entanto, chamou a atenção o elogio enfático feito por Lula na cerimônia do que foi feito no banco de fomento durante os seus dois primeiros governos e nos de Dilma Rousseff, também presente.

O Globo