TCDF vê sobrepreço de R$ 46 mi em obra de ampliação do Aterro Sanitário

164

O Tribunal de Contas do Distrito Federal (TC-DF) suspendeu a licitação destinada à ampliação do Aterro Sanitário de Brasília (DF) em função de possível sobrepreço. A licitação para a implantação, operação e manutenção das etapas 3 e 4 do aterro estava estimada em R$ 166.995.431,54 com prazo de 58 meses. Contudo, o TC-DF alega que há sobrepreço de 27,5% do orçamento total, o que equivale a mais de R$ 46 milhões. Mesmo com a decisão do tribunal e as cobranças frente às falhas da licitação, o Serviço de Limpeza Urbana (SLU) optou dar continuidade ao projeto com um contrato emergencial para etapa 4, com um ano de vigência até a contratação regular. (Metrópoles)