Para setor de infraestrutura, ataques à democracia geram insegurança a investidores

117

Para as empresas do setor de infraestrutura, os atos terroristas realizados no domingo (8), em Brasília, por bolsonaristas radicais, geram insegurança aos investidores. Em diversas notas de repúdio publicadas nesta segunda-feira (9), entidades cobraram a defesa das instituições democráticas. “A questão fundamental para quem já investe no país e para novos entrantes é a segurança jurídica. A forma como foram tratados os pilares da República gera insegurança”, disse Venilton Tadini, presidente-executivo da Abdib (Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústrias de Base). Ele classifica a ação como um ato terrorista de vandalismo.

VALOR ECÔNOMICO