Eletrobras quer elevar em 130% remuneração de executivos e subir salário do presidente para R$ 300 mil

69

Em assembleia agendada para dezembro, a Eletrobras vai propor aumento de 130% no valor destinado ao pagamento de salários e bônus a seus executivos, alegando que eles recebem menos do que a média de mercado e que terão mais responsabilidades. A proposta prevê mais que quintuplicar o salário do presidente da companhia, que passaria dos atuais R$ 52.335,71 para R$ 300 mil. E pede que os aumentos sejam retroativos a abril de 2022, quando foi realizada a última assembleia de acionistas.

Folha de S.Paulo