Rússia ameaça cortar fluxo restante de gás à Europa

91

A Rússia ameaçou ontem restringir o fornecimento de gás para a Europa Ocidental através do único gasoduto que ainda conecta as regiões, alertando que pode reduzir os fluxos através da Ucrânia a partir da próxima semana. A ameaça russa ocorre justamente quando temperaturas mais baixas levam a Europa a começar a usar suas reservas de gás. A estatal russa Gazprom acusou a Ucrânia de retirar gás destinado à Moldávia dos dutos que atravessam o país e alertou que pode reduzir o fornecimento a partir de segunda-feira. A Gazprom não detalhou quanto gás pode ser cortado e não ficou claro como os clientes europeus seriam afetados.

Valor Econômico