Integrantes da transição defendem suspender privatizações e rever normas no saneamento

219

Integrantes da equipe de transição do governo do presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), criticaram nesta quinta-feira (17) processos de privatização na área de transportes e disseram que vão recomendar a revisão de normas envolvendo o marco legal do saneamento, que abriu caminho para uma maior participação de empresas privadas no setor. O primeiro a abordar o tema foi o ex-governador de São Paulo Márcio França (PSB), que integra o grupo técnico que coordenará questões relacionadas a cidades na transição do governo federal.

Folha de S.Paulo