Investir para preservar e desenvolver

95

Para crescer é preciso investir. O investimento deve, no mínimo, preservar o capital que já se tem e que se desgasta com o passar do tempo, se tornando obsoleto. Para desenvolver é preciso ir além de aumentar o capital em imóveis, construções e em máquinas. Não é preciso estudar economia para saber deste princípio, que vale para famílias e empresas, mas ainda mais para governo e países.

O Poder360 divulgou há alguns dias os números que mostram a gravidade da carência de investimentos no Brasil. Leia no gráfico abaixo, baseado em levantamento da ABDIB: Para formar o capital nacional, o investimento em infraestrutura necessário por ano seria de 4,31% do PIB, contra um realizado de apenas 1,66% do PIB. A diferença de 2,65 pontos do PIB significa cerca de R$ 260 bilhões anuais. Em um ranking atual da taxa de investimento de 170 países, o Brasil despenca para 147º lugar. 

PODER 360