Exportação de energia ajuda a elevar receita da Eneva

88

Três fatores influíram nos resultados da Eneva no segundo trimestre, especialmente na rubrica lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado: a exportação de energia para a Argentina, a entrada em operação da térmica Jaguatirica II, em Roraima, e as operações de comercialização da Focus Energia, comprada pela companhia no início do ano. Dos três pontos, a venda de energia ao país vizinho foi o que representou o principal impacto positivo nas finanças.

Valor Econômico