5G terá teste com satélite de órbita baixa

323

Um consórcio formado por três empresas de telecomunicações, grupos de tecnologia e defesa está planejando levar o 5G para o espaço com o desenvolvimento de uma rede de satélites que poderá permitir aos usuários de smartphones acessar sem fio velocidades super-rápidas, com baixa latência, onde quer que eles estejam no mundo. A fabricante sueca de equipamentos de telecomunicações Ericsson, a companhia aeroespacial francesa Thales e a fabricante americana de chips Qualcomm estão testando como uma rede 5G poderia funcionar usando satélites de órbita baixa (LEO, na sigla em inglês), para ajudar os indivíduos a acessar a internet sem fio em algumas das topografias mais extremas e locais remotos.

Valor Econômico