Petroquímica no Rio pode gerar R$ 20 bi em dutos e infraestrutura

73

Ampliar a demanda de gás do Estado do Rio de Janeiro, por meio do consumo na indústria petroquímica, pode levar a investimentos de R$ 20 bilhões na construção de novos gasodutos e infraestruturas associadas, como unidades de processamento. A conclusão é de um estudo da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), que apontou que o Rio tem potencial para acabar com a dependência brasileira de importação de alguns produtos petroquímicos, como fertilizantes, devido à alta disponibilidade de gás natural na costa, utilizado na produção desses insumos.

Valor Econômico