Empresa se livra de amarras e pode voltar a investir mais

88

Depois da aprovação, ontem, da privatização da Eletrobras pelo plenário do Tribunal de Contas da União (TCU), o governo terá uma corrida contra o tempo para que a capitalização ocorra no menor prazo possível. Será preciso aproveitar uma “janela” que está se fechando, e ainda terá que torcer para que nada de errado aconteça e isso possa, eventualmente, impedir a iniciativa, uma das bandeiras do atual governo. Se tudo der certo, a operação pode assegurar que a companhia volte a investir pesado.

Valor Econômico