Copel e Engie vão disputar juntas lotes de transmissão

89

A Companhia Paranaense de Energia (Copel) e a Engie Brasil fecharam parceria para participar em consórcio da concorrência de três blocos, localizados na região Sudeste do país. A estratégia das empresas se explica porque os lotes ofertados exigem investimentos altos e participar em conjunto pode dar mais competitividade, sem prejudicar a capacidade de investimento das empresas. No início do mês, a Copel havia confirmado ao Valor que estudava os lotes 1, 2 e 3 e um consórcio facilitaria arrematar pelo menos um. 

Valor Econômico