Privatização trará mais eficiência à Petrobras

227

Um dos candidatos a presidente da República tenta nos convencer de que os preços domésticos do petróleo deveriam ser fixados independentemente dos preços internacionais. Outro quer que a Petrobras seja dirigida por pessoas a ele obedientes. O que se aprende com este “lúcido debate”?  A Lei do Petróleo, de 1997, quebrou o monopólio da empresa, e as mudanças no governo FHC deram aos investidores estabilidade regulatória e segurança jurídica.

O Estado de S.Paulo