Concessão aeroportos – 7ª rodada

928

Em função das polêmicas criadas em torno da concessão do aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, e considerando que os acionistas do aeroporto do Galeão resolveram devolver a concessão em função da impossibilidade de honrar os compromissos financeiros assumidos, o governo federal alterou a composição dos blocos da 7ª rodada de concessões aeroportuárias.

Assim ficou a nova composição: (i) Congonhas, juntamente com os aeroportos de Campo Grande, Ponta Porã, Corumbá, Santarém, Marabá, Altamira, Carajás, Uberlândia, Uberaba e Montes Claros; (ii) aeroportos de Belém e Macapá e (iii) aviação regional, com Campo de Marte e Jacarepaguá. Para estes blocos, estão previstos investimentos de R$ 7,3 bilhões.

Assim, será realizada a estruturação para a concessão conjunta dos aeroportos de Santos Dumont e Galeão, cujo leilão deverá ocorrer no segundo semestre de 2023.

 

 

COMPARTILHAR
Artigo anteriorRússia e Ucrânia
Próximo artigoCapital e Mercado