Entidades apontam desalinhamento entre novas leis estaduais e marco regulatório do gás

127

O IBP (Instituto Brasileiro do Petróleo) e outras associações afirmaram nesta terça-feira (18) que algumas reformas de leis estaduais estão desalinhadas com o novo marco regulatório federal do setor de gás natural, o que poderia prejudicar a abertura do mercado em curso. Em uma carta conjunta, as associações pediram para serem incluídas nos debates estaduais, para que possam apresentar suas posições.

Folha de S.Paulo