Copel avalia aquisição da Rio Energy e pode pagar até R$ 5 bilhões

141

Interessada em expandir a participação das fontes eólica e solar para 25% do seu portfólio de geração de energia nos próximos anos, a Copel avalia a compra da Rio Energy, que está à venda por R$ 5 bilhões, disseram ao Broadcast Energia fontes próximas à empresa. Outro ativo de geração renovável disponível no mercado e que a estatal paranaense teria avaliado é a Ibitu Energia (antiga Queiroz Galvão Energia), que hoje está sob gestão da norte-americana Castlelake.

O Estado de S.Paulo