Bolsonaro critica demanda artificial, mas admite rever edital de Santos Dumont

129

O presidente Jair Bolsonaro admitiu ontem rever o edital de concessão do aeroporto do Santos Dumont, no Rio. Mas queixou-se dizendo que há pessoas que querem levar “artificialmente” para lá voos que originalmente estão programados para decolar ou pousar no Galeão. A declaração ocorreu em sua “live” semanal nas redes sociais, um dia após Bolsonaro ter recebido o governador do Rio, Cláudio Castro (PL), no Palácio do Planalto para tratar do tema. 

Valor Econômico