Governo prevê leilão de 50 ativos e R$ 165,5 bi em investimentos

379

de acordo com o ministério da infraestrutura, o ano de 2022 está previsto o leilão de 50 ativos e mais de R$ 165,5 bilhões em investimentos. O número ultrapassa o total de investimentos contratados em concessões feitas pela pasta entre 2019 e 2021, que ficaram em R$ 89 bilhões.

O ministro da infraestrutura, Tarcísio de Freitas, divulgou os números em balanço nesta segunda-feira (20). Entre os ativos que a pasta prevê leiloar em 2022 estão:

16 aeroportos da 7ª e última rodada de concessões aeroportuárias, como Santos Dumont (RJ) e Congonhas (SP), e 2 terminais aeroportuários que serão relicitados (Viracopos-SP e São Gonçalo do Amarante-RN). A previsão é de movimentar R$ 13,4 bilhões em investimentos no setor;
14 concessões rodoviárias, que envolvem a BR-381/262 (MG/ES), a BR-116/493 (Rio-Valadares), os seis lotes de rodovias no Paraná, a BR-040/495/MG/RJ, entre outras, somando ,aproximadamente, 8,8 mil quilômetros de estrada e R$ 81,6 bilhões em investimentos;
2 renovações de contratos ferroviários e concessão da Ferrogrão com previsão de R$ 55,79 bilhões em investimentos;
E, por fim, 2 desestatizações portuárias: Companhia Docas do Espírito Santos (Codesa) e do Porto Organizado de Santos. (IG)