As metas de universalização do saneamento são factíveis

885

Em dezembro, mais um leilão de concessão movimentou o mercado de saneamento básico – e novamente em Alagoas. Foram contratados mais R$ 4,5 bilhões de investimentos para 61 municípios.

O negócio faz parte de uma jornada para universalizar os serviços de água e esgoto no Brasil que ganhou velocidade a partir da modernização do marco regulatório setorial.

Leilões de concessão realizados nos últimos meses já somam mais de R$ 50 bilhões de investimentos privados contratados, o BNDES segue fazendo estudos que vem sendo bem recebidos, governadores e prefeitos vêm mostrando disposição para atrair investimentos, a agência reguladora federal trabalha em resoluções sobre regras para os negócios e os blocos regionais estão sendo criados – e cada um deles é uma concessão em potencial.

A CEO da BRK Ambiental e conselheira da Abdib, Teresa Vernaglia, está na linha de frente dessa agenda ambiental urbana. Na visão dela, é uma missão factível expandir os serviços de água e esgoto até 2033, conforme metas previstas em lei, ou no máximo até 2040, para casos excepcionais.

Nesta entrevista, Teresa indica assuntos importantes e cuidados essenciais para os investimentos acontecerem no ritmo necessário.

 

O Infra para Crescer está disponível nas principais plataformas de streaming.
Spotify: bit.ly/Abdib-Spotify
Deezer: bit.ly/Abdib-Deezer
SoundCloud: bit.ly/Abdib-Soundcloud
iTunes: https://apple.co/3hHQaza