Consórcios Alagoas e Mundau vencem leilão dos blocos regionais do saneamento de Alagoas: 

447

O leilão para concessão dos serviços públicos de abastecimento de água e esgotamento sanitário das Unidades Regionais de Saneamento de Alagoas (Blocos B e C) teve como vencedores hoje (13), na B3, o Consórcio Alagoas e o Consórcio Mundau. As empresas vencedoras vão gerenciar os serviços pelos próximos 35 anos.

Com o lance de R$ 1.215 bilhão, o Bloco B (Agreste e Sertão) ficou com o Consórcio Alagoas, representado pela corretora Terra Investimentos. O Bloco C (Litoral e Zona da Mata) ficou com o Consórcio Mundau, representado pela corretora RJI, com lance de R$ 430 milhões.

As regiões que compõem os dois blocos têm 1,3 habitantes distribuídos em 61 municípios. O valor mínimo para o bloco do Agreste e Sertão do estado era de R$ 3,3 milhões, segundo edital. Para o lote que compreende o Litoral e Zona da Mata, o lance mínimo era de R$ 32,4 milhões.

O modelo de negócio é o mesmo do primeiro leilão da Casal, realizado em 2020. As empresas vencedoras irão realizar a distribuição de água e serão responsáveis por fazer as melhorias em todos os sistemas, inclusive nos que a Casal, responsável pela captação e tratamento, continuará operando. Indicadores de desempenho de qualidade e eficiência na prestação de serviços também devem ser cumpridos.

Também deverá ser garantido o abastecimento de água para toda a população atendida em até cinco anos e rede de esgoto para 90% dos moradores das regiões em um prazo de 11 anos. (G1)