BNDES aposta em maior competição nos próximos leilões de saneamento

282

O BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), que trabalha na montagem de novos leilões para concessão de serviços de saneamento básico, aposta que a decisão do Supremo Tribunal Federal que validou o novo marco legal do setor fará aumentar a competição entre empresas interessadas em investir na área. Os seis leilões coordenados pelo BNDES até agora atraíram a participação de 30 empresas. O estado do Amapá e a região metropolitana de Maceió (AL) receberam número maior de interessados do que os três blocos de municípios do Rio de Janeiro oferecidos ao setor privado neste ano.

Folha de S.Paulo