Petrobras dobra previsão de dividendos

90

O novo plano de negócios da Petrobras consolida a empresa como uma boa pagadora de dividendos. A companhia dobrou as projeções de remuneração aos acionistas em relação ao planejamento estratégico anterior (2021-2025) e prevê distribuir de US$ 60 bilhões a US$ 70 bilhões entre 2022 e 2026. O primeiro plano da gestão de Joaquim Silva e Luna aumenta em 24% os investimentos, para US$ 68 bilhões nos próximos cinco anos, mas mantém, de uma maneira geral, uma linha de continuidade ante as administrações passadas.

Valor Econômico