Equatorial investirá R$ 400 milhões no AP

110

A Equatorial Energia planeja investir R$ 400 milhões até 2023 em obras estruturantes para melhorar a qualidade dos serviços da rede de distribuição de energia elétrica no Estado do Amapá. A companhia assumiu, na terça-feira, o controle da Companhia Energética do Amapá (CEA), depois de vencer o leilão de privatização da antiga estatal em junho deste deste ano. A empresa iniciou um plano de ação para os primeiros 100 dias para colocar em ação as atividades mais urgentes, entre elas e a construção da nova subestação São José e a ampliação da subestação Macapá II.

Valor Econômico