Agenda trava debêntures de infraestrutura no Senado

84

A pesada agenda legislativa neste momento e as indefinições em relação à reforma do Imposto de Renda deverão fazer com que o projeto de lei 2.646/2020, que cria as debêntures de infraestrutura, só seja avaliado pelo Senado no próximo ano. Isso tornará ainda mais urgente sua aprovação em 2022, quando parte dos projetos que foram licitados neste segundo semestre começará a ir a mercado buscar crédito e quando a União e governos estaduais preparam novos leilões, como a sétima rodada dos aeroportos, em que se espera a licitação dos terminais de Congonhas (SP) e Santos Dumont (RJ).

Valor Econômico