Países liberam reservas, mas petróleo volta a subir

57

Os EUA e cinco outros países, incluindo a China, anunciaram ontem que vão liberar parte de suas reservas estratégicas nacionais de petróleo numa tentativa de baixar os preços da gasolina, que têm pressionado a inflação e desagradado consumidores. Mas a reação inicial dos mercados de petróleo foi de alta após o anúncio, refletindo, em parte, uma percepção de que o volume envolvido é baixo.

Valor Econômico